IBM anuncia grande parceria com o Facebook

Por Redação | 06.05.2015 às 15:03

Depois de anunciar uma parceria com o Twitter em março deste ano, a IBM divulgou nesta quarta-feira (6) que o Facebook também irá colaborar com o seu trabalho. As empresas estão se unindo para fazer uma troca de serviços que deve beneficiar ambas: o Facebook irá vender mais anúncios para uma grande lista da IBM com 500 empresas da Fortune, enquanto a IBM vende serviços em marketing de nuvem para o Facebook.

A parceria deve ajudar os comerciantes, especialmente os varejistas, a fazer uma análise mais profunda do que as pessoas estão fazendo no Facebook. Assim, será mais fácil localizar clientes em potencial com o redirecionamento de anúncios específicos e campanhas de marketing que também poderão ser usadas em outras mídias.

O Facebook também está se juntando ao R&D think thank, nova marca de publicidade do IBM Commerce THINKLab, na qual pesquisadores, designers e outros especialistas ajudam e testam campanhas de marketing experimentais.

De acordo com Deepak Advani, gerente geral da IBM Commerce, a parceria será de grande abrangência. “Juntaremos habilidades de todas as áreas da IBM de acordo com o problema que iremos resolver. Não há nada mais importante dentro do nosso portfólio do que a colaboração centrada no cliente”, comenta. Advani também diz que as duas empresas conversaram sobre a ligação do produto ao Messenger e que acredita em uma colaboração com foco no cliente.

O vice-presidente de parcerias do Facebook informou em comunicado que o trabalho com a IBM vai desenvolver a capacidade da companhia de trabalho em conjunto, "entregando um marketing baseado em pessoas que otimiza a obtenção dos resultados de negócios de cada marca".

Advani também comenta que a IBM já está trabalhando com os clientes na mudança dos produtos de acordo com as demandas e promete aumentar os seus esforços e dedicação para esta parceria. O projeto ainda inclui a conexão do Facebook com a ferramenta de automação de marketing da IBM, a Silverpop.

Fonte: Business Insider, Ad Age