iWatch pode ter bateria "decepcionante" e de curta duração

Por Redação | 08 de Setembro de 2014 às 08h21
photo_camera Divulgação

Essa cena você já viu: toda semana, pelo menos uma ou duas vezes, sai alguma notícia relacionada à pouca autonomia das baterias dos smartphones, um item duramente criticado pelos usuários. Fato é que, embora esses dispositivos estejam cada vez mais modernos, não conseguem durar longos períodos longe da tomada.

Só que esse problema não é mais exclusividade dos celulares. Os relógios inteligentes mais recentes, como o Moto 360 e o LG G Watch R, estão aí para mostrar que ainda há um longo caminho a se percorrer até chegar o dia em que poderemos passar uma semana sem recarregar nossos gadgets. Agora, de acordo com um novo rumor, o nome mais recente a integrar essa lista é o smartwatch que deve ser apresentado pela Apple nesta terça-feira (9), apelidado de iWatch.

Mesmo sem dar muitos detalhes, Jessica Lessin, do site The Information, afirma que a bateria do novo acessório da Maçã terá uma duração extremamente baixa e decepcionante, especialmente para aqueles consumidores que estavam ansiosos em adquirir o produto. "Pessoas que conversaram com a Apple sobre o relógio disseram que os funcionários da empresa estão com baixas expectativas [em relação à bateria]", escreveu.

Também não foi divulgado se essa dificuldade é algo passageiro, já que, apesar de existir a possibilidade do aparelho ser anunciado amanhã, algumas informações indicam que seu lançamento só deve acontecer no ano que vem. Revelar o dispositivo e não colocá-lo à venda imediatamente seria uma manobra da Apple para driblar a questão da bateria? Não sabemos.

"Esperamos tanto potencial desses primeiros produtos disponíveis no mercado quando, na verdade, não temos nos dedicado em fabricar componentes específicos para tais dispositivos", disse ao Business Insider o analista e vice-presidente da empresa Canalys Insight, Chris Jones. Para o executivo, um dos problemas da tecnologia vestível é se apoiar na arquitetura dos smartphones, o que acaba tornando pulseiras e relógios inteligentes em aparelhos desajeitados, limitados e com bateria de pouca vida útil.

iwatch

Conceito de iWatch

Na semana passada, o jornal The New York Times publicou uma reportagem que "confirma" o anúncio do iWatch para esta terça-feira. Segundo o jornal, o acessório virá em duas versões diferentes, ambas com tela flexível feita com vidro de safira, suporte para carregamento sem fio e NFC (para pagamentos móveis). Além disso, seu software terá foco especial nos aplicativos HealthKit e Handoff. No entanto, não foram divulgados dados quanto à autonomia de bateria do produto.

Lembrando que a Apple irá transmitir ao vivo pela internet o evento de lançamento de seus novos produtos, direto do Flint Center for the Performing Arts, em Cupertino, na Califórnia (Estados Unidos). Nós faremos a cobertura de tudo o que acontecer por lá, então fique ligado no Canaltech.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.