iWatch pode incluir sensor para raios ultravioleta

Por Redação | 08 de Abril de 2014 às 16h30

O iWatch, a principal aposta da Apple para o mercado de dispositivos vestíveis, deve chegar às lojas no segundo semestre deste ano e, de acordo com informações divulgadas pelo site Apple Insider, são grandes as possibilidades da novidade vir com um sensor capaz de medir a radiação ultravioleta.

De acordo com o analista financeiro do Barclays, Blayne Curtis, a previsão vem após revelação da Silicon Labs, empresa que vem desenvolvendo os novos sensores do gadget desde fevereiro. "Esses chips são capazes de medir a exposição dos raios ultravioleta e ajudar pessoas mais sensíveis a queimaduras do sol ou apenas quem não quer se expor excessivamente", disse Curtis, que vê neste um nicho diferenciado do mercado.

Os sensores desenvolvidos pela Silicon Labs não teriam apenas essa função, de acordo com a própria empresa. Além de medir a radiação, os chips poderão avaliar os batimentos cardíacos, pulso, quantidade de oxigênio no sangue e também oferecer controle por meio de proximidade e gestos.

A ideia da Apple é investir pesado nas áreas de esporte e saúde com o iWatch e os chips da Silicon Labs, de apenas 2 milímetros quadrados, cabem perfeitamente nesse conceito.

A projeção dos analistas financeiros é de que a Maçã injete mais US$ 4 milhões na fabricante de chips ainda este ano e, caso o relógio inteligente seja mesmo lançado no terceiro trimestre, a expectativa é de comercialização de pelo menos 10 milhões de iWatches até o final do ano.

Fonte: http://appleinsider.com/articles/14/04/07/barclays-apples-iwatch-could-include-uv-light-exposure-sensor

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.