Huawei anuncia parceria com universidades para capacitação de talentos no Brasil

Por Rafael Romer | 18 de Outubro de 2016 às 23h18
photo_camera Guardian

A gigante chinesa de telecomunicações Huawei anunciou nesta terça-feira (18) o lançamento da segunda edição do seu programa de capacitação de talentos Seeds for the Future no Brasil, durante o Futurecom 2016.

O projeto será realizado em parceria com a Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Ministério da Educação (MEC), além das universidades Inatel, UFCG (Federal de Campina Grande), PUC-RS (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul) e USP (Universidade de São Paulo).

Quinze novos estudantes já selecionados das universidades parcerias viajarão até a sede da empresa, em Shenzhen, na China, onde receberão treinamento nos laboratórios de pesquisa e desenvolvimento de redes de banda fixa e móvel, 5G, computação de nuvem, Internet das Coisas e Internet das Coisas.

Além do projeto, a Huawei assinou ainda uma nova carta de intenções com o MEC, que deve firmar uma parceria para o estímulo de projetos educacionais para jovens e adultos no setor de tecnologia da informação no Brasil. Detalhes sobre a parceria não foram reveladas, mas a cooperação deverá incluir convênios com universidades e outras instituições públicas de ensino para a capacitação de alunos em TICs.

"Investimentos em TIC têm um impacto direto no crescimento do PIB. E, comparado com outros países, o setor de TIC do Brasil representa uma percentagem menor do PIB", comentou Wei Yao, CEO Huawei Brasil, durante o lançamento das parcerias "Como um player global, o Brasil precisa tomar a liderança em inovação e no desenvolvimento de tecnologias".

Desde 2005, a Huawei já treinou mais de 20 mil pessoas no Brasil através de seus Centros de Aprendizagem – iniciativas que fazem parte dos próprios esforços globais da companhia em pesquisa e desenvolvimento (P&D) e inovação, que anualmente recebem investimentos de 10% do faturamento total da empresa. Nos próximos três anos, a empresa espera repetir o feito dos últimos nove, treinando novos 20 mil talentos no Brasil, em cooperação com universidades e parceiros.

Parcerias com Universidades

Parte da iniciativa inclui dois novos projetos fechados também nesta terça com a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Estadual Paulista (UNESP).

Em parceria com a Huawei, a USP deverá implementar um novo Centro de Inovação e Capacitação de Recursos Humanos em Tecnologias de Internet do Futuro, com o objetivo de qualificar pesquisadores e profissionais em TIC para a formação de mais mão-de-obra para o mercado nacional.

O Centro será localizado na Escola Politécnica da USP e dividido entre o Espaço de Ideias e o Espaço de Experimentação, que deverão fomentar a criação de novas soluções e startups para desenvolvimento de tecnologias, além de funcionar como um "laboratório vivo", implementando tecnologias da Internet das Coisas dentro do próprio campus da universidade.

"É importante que a gente capacite nossos quadros nesse momento de rápida transição tecnologias que está mudando nossa sociedade", comentou o Moacyr Martucci, professor da Universidade de São Paulo, durante a assinatura do acordo. "Para isso precisamos de talentos, que procuramos nas nossas universidades, no ensino técnico e em todas as fases do ensino".

Já na Unesp, a nova parceria deverá criar um projeto de cooperação para pesquisa e desenvolvimento de redes definidas por software (SDNs) para ambientes de alto volume de dados. Através do uso de soluções de computação da Huawei, pesquisadores da Estadual irão colaborar em projetos com pares como o CERN e o Instituto de Tecnologia da Califórnia para o desenvolvimento de soluções para a indústria em SDN.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.