HTC vai vender fábrica para financiar seu negócio de realidade virtual

Por Redação | 16 de Março de 2017 às 15h16
photo_camera Divulgação

A HTC vai vender uma de suas fábricas para reunir fundos e investir no seu negócio de realidade virtual. A informação foi confirmada pelos investidores da empresa taiwanesa.

A fábrica de 114 mil metros quadrados fica localizada em Xangai e será vendida para uma empresa chamada Xingbao Information Technology. A transação também inclui um lote de terra e vai render à HTC um valor líquido equivalente a cerca de US$ 91 milhões.

De acordo com a HTC, a venda deste ativo atenderá às suas necessidade de ajuste operacional, além de ajudar a "expandir os seus negócios de realidade virtual". A venda da fábrica de Xangai não afetará o negócio de smartphones da HTC, disse a empresa.

O HTC Vive, headset de realidade virtual da empresa, teve um bom começo com 140 mil unidades vendidas nos primeiros sete meses, cada uma delas por cerca de US$ 800. Durante todo o ano de 2016, estima-se que 450 mil unidades foram vendidas, gerando US$ 360 milhões em receita bruta para a HTC.

A empresa está mesmo empenhada em ver o mercado de realidade virtual crescer, tanto que, no início do ano, a HTC anunciou o "VR For Impact", um programa que trará um fundo de US$ 10 milhões para apoiar tecnologias e conteúdo em VR para apoiar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ONU) até 2030.

O fundo criado será direcionado a parceiros da indústria e desenvolvedores de conteúdo, financiando as "melhores ideias" que usem realidade virtual para criar "mudanças positivas no mundo".

Via Ubergizmo

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.