Hospitais nos EUA começam a adotar a plataforma Carekit, da Apple

Por Redação | 30 de Setembro de 2016 às 18h40

Desde que foi lançada em abril, a popularidade da plataforma de desenvolvimento de apps para saúde da Apple, Carekit, foi discretamente crescendo nos hospitais dos EUA. Agora, uma das primeiras aplicações criadas através da plataforma será usada, na prática, em um grande hospital.

A HomeHero, empresa que presta serviço de assistência médica domiciliar, está usando um novo aplicativo criado através Carekit em parceria com o Hospital Los Angeles Medical Center Cedars-Sinai. O aplicativo é usado para ajudar os pacientes a reajustar à vida em casa depois de uma estadia hospitalar. Os profissionais que cuidam de pacientes através da HomeHero usarão o app para manter o controle de seu trabalho e se comunicar com a empresa.

"A CareKit está no início de seu uso, e é muito importante ter a HomeHero como a primeira de nossas parceiras a utilizarem um app da plataforma", afirmou Darren Dworkin, CIO do Hospital Cedars-Sinai, ao Mashable. Outros hospitais - incluindo o Texas Medical Center, em Houston, e o Beth Israel Deaconess Medical Center, em Boston, - também têm usado o Carekit, mas com mais cautela.

Para o COO da Apple, Jeff Williams, “dar aos indivíduos as ferramentas para compreender o que está acontecendo com a sua saúde é incrivelmente poderoso, e aplicativos projetados usando CareKit tornam isso uma realidade”.

A plataforma é útil para hospitais e outros profissionais da área de saúde que não têm a capacidade de construir seus próprios aplicativos a partir do zero. Departamentos cirúrgicos, por exemplo, podem criar listas de verificação de cuidados para o antes de o depois de uma cirurgia, enquanto outros pacientes podem obter informações sobre cuidados a serem tomados após um diagnóstico.

Embora a Apple não divulgue quaisquer números em torno do CareKit, seu antecessor, o ResearchKit, uma estrutura de software de código aberto criada para a pesquisa médica e de saúde, por exemplo, teve 100 mil aplicativos desenvolvidos em apenas três meses. Isso já dá uma ideia do sucesso que o Carekit pode ter.

Fonte: Mashable

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.