GTX 1080 e 1070 devem ganhar versões para notebook

Por Redação | 01.06.2016 às 15:49

Quem gosta de jogar em um notebook pode acabar tendo uma boa notícia bem em breve. De acordo com informações ainda não confirmadas surgidas durante a Computex, feira de tecnologia que está acontecendo na cidade de Taipei, em Taiwan, a NVIDIA estaria preparando a chegada das novas placas de vídeo GTX 1070 e 1080 também para notebooks gamers.

Mas ao contrário do que aconteceu no passado, aqui não estamos falando de uma “edição M”, que traz poder de processamento e capacidades reduzidas. Pelo contrário, a fabricante estaria se aproveitando dos novos processos de produção dos chips gráficos para levar exatamente o mesmo potencial das irmãs maiores para os notebooks, retrabalhando apenas a emissão de calor e os sistemas de resfriamento para que melhor se adaptem aos computadores portáteis.

A mudança, inclusive, não seria exclusiva dessa geração, mas sim, valeria para todas as séries de placas de vídeo lançadas a partir da atual linha 10. Os lançamentos começariam a acontecer entre agosto e setembro deste ano e valeriam para todas as GPUs anunciadas daqui em diante, que sempre chegariam com exatamente a mesma performance das versões para PC, o que inclui também um total semelhante de núcleos, unidades shader e tudo mais.

A expectativa é de que a NVIDIA siga um caminho semelhante ao da Intel, que também já cria processadores capazes de funcionar em todo tipo de equipamento. Por padrão, os chips possuem um clock básico mais baixo, que é aumentado para seu potencial máximo quando a carga de trabalho exige que isso aconteça. A marca, por exemplo, já havia obtido sucesso na colocação de uma GTX 980 completa em um notebook, e as novas versões representariam uma continuidade desse trabalho.

Ficam entretanto, algumas dúvidas, principalmente relacionadas a preços – que já são salgados nas versões maiores, e devem se tornar ainda maiores nas voltadas para notebooks – e, principalmente, tamanho. A citada GTX 980, em sua versão para notebooks, tinha 43 cm, sozinha, e a tendência é que algo nessas proporções seja exibido também para a nova linha de placas, o que deve tornar os notebooks para jogos ainda menos portáteis do que já são hoje em dia.

Fonte: PC Gamer