Google 'vaza' projeto de máquina do tempo no dia do filme De Volta para o Futuro

Por Redação | 21 de Outubro de 2015 às 15h00
photo_camera Reprodução/Google

O dia finalmente chegou. 21 de outubro de 2015 é a data exata na qual Marty McFly, personagem vivido por Michael J. Fox na trilogia De Volta para o Futuro, chega ao futuro. O fato ocorre no segundo capítulo da série e está sendo celebrado por fãs em várias partes do mundo.

Obviamente, o Google não poderia ficar de fora das homenagens à data. Assim, a companhia vazou “sem querer” um projeto para a criação de um carro capaz de viajar no tempo. Isso mesmo, uma máquina do tempo semelhante à do doutor Emett Brown, personagem de Christopher Lloyd na trilogia dirigida por Robert Zemeckis.

O “vazamento” ocorreu por meio de uma aparentemente inocente postagem na conta oficial da empresa no Twitter. A mensagem, que anuncia a disponibilidade de 15 novos temas para o Gmail, vem acompanha de um link. Quando clicado, porém, ele leva você até uma apresentação de slides em formato PDF.

“Confidencial”

Logo no primeiro slide é possível ler a frase “Confidencial: não compartilhar fora do Google”. A apresentação trata do Project Flux, cujo objetivo “é dar a qualquer pessoa a habilidade de explorar qualquer lugar e qualquer época, não importando onde — ou quando — ela está”.

No detalhamento do projeto, o Google destaca alguns avanços realizados pela companhia por meio de serviços que colaborarão com a construção da máquina do tempo. Serviços que ajudam as pessoas a descobrir coisas, como a busca e o Maps, ou ainda a tecnologia de realidade virtual, como o Cardboard e o Expeditions, são alguns dos itens citados no documento.

Project Flux

Projeto "vazado" pela Gigante da Web. (Foto: Reprodução/Google)

Detalhes avançados

O Project Flux é totalmente detalhado no documento vazado pela empresa. Nele, o Google explica como vai alcançar o objetivo de viajar pelo tempo. O “Project Flux usa uma tecnologia proprietária de cronocompressão para teleportar o usuário instantaneamente ao lugar e à época de sua escolha”, revela.

Aqui, uma das referências mais claras ao DeLorean DMC-12, do doutor Brown: os circuitos do tempo. “Devidamente protegido dentro da cápsula, o usuário ativa o painel de circuitos do tempo, ativa o PU-93 e define o seu destino”. Em breve, garante o documento do Google, o dispositivo terá suporte para comandos de voz.

Project Flux

Silhueta de McFly ao lado do protótipo de máquina do tempo do Google (Foto: Reprodução/Google)

Outras referências claras à trilogia De Volta para o Futuro incluem o fato de o protótipo da máquina do tempo ser um carro e também um dos locais de testes: Hill Valley, a cidade fictícia localizada no estado da Califórnia onde se passam os três filmes da trilogia. Na última página do documento, a silhueta de Marty McFly, o viajante no tempo que chega hoje ao futuro, está posicionada ao lado do carro do Project Flux.

Fonte: Google/Twitter

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.