Google registra patente de drone que entrega medicamentos sob demanda

Por Redação | 07 de Abril de 2016 às 16h00

Seja em uma escalada no Monte Everest, uma trilha no meio da floresta Amazônica ou uma tarde de pesca na Antártida, em algumas situações você não terá um hospital ou mesmo um kit de primeiros socorros à sua disposição. Em caso de emergência em uma localidade remota, o que fazer? Graças ao Google, agora esse problema recebe uma solução bem high-tech.

A empresa acredita que drones podem muito bem ser úteis nesses casos. No ano passado, a gigante da web registrou a patente de uma frota de quadricópteros automatizados capazes de transportar suprimentos médicos como autoinjetores de adrenalina, desfibriladores e medicamentos direto de uma central para uma pessoa em necessidade. E, segundo o projeto, também não existe limite de ocasiões em que o drone pode oferecer auxílio. A versatilidade dele permite que o dispositivo ajude uma vítima de afogamento ou ofereça remédios para quem sofre de asma ou esteja em princípio de parada cardíaca.

A novidade da vez é que uma nova patente registrada pelo Google na última segunda-feira (4) dá mais detalhes de como as vítimas poderiam chamar os drones de onde quer que estejam. Em um dos exemplos citados na patente, o drone é ativado por meio de um rádio retangular que possui vários botões indicando as ocasiões em que o veículo pode ajudar, como "choque anafilático", "machucado no pescoço", "insulina", "kit de primeiros socorros", entre outros. No rádio, um visor também mostra quanto tempo falta para o drone chegar ao local.

Uma das características que o Google aposta para o sucesso da iniciativa é a maior facilidade de chegada do drone em alguns locais em detrimento de veículos terrestres. A velocidade de entrega dos suprimentos também seria mais rápida.

O Google ainda precisa fazer testes e trabalhar em alguns detalhes antes que o drone seja disponibilizado para uso, mas considerando o estado das patentes registradas, não deve demorar muito para você receber ajuda de um drone para curar uma torção no pé durante uma trilha no meio da floresta.

Via Digital Trends

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.