Google registra patente de brinquedo inteligente que se comunica com as crianças

Por Redação | 25 de Maio de 2015 às 11h49
photo_camera Divulgação

O Google já está presente no seu celular, tablet, computador, carro e até nos seus olhos com o Google Glass. No entanto, praticamente todos os produtos desenvolvidos pela companhia são direcionados ao público adulto, sem nada muito específico para os mais jovens - em especial as crianças. De olho nos usuários dessa faixa etária, a empresa pode estar projetando brinquedos inteligentes capazes de interagir com os pequenos.

Recentemente, foi descoberto o registro de uma patente feito pela gigante das buscas no Escritório de Patentes dos Estados Unidos. Pelo esboço do documento, os brinquedos em questão são bichos de pelúcia, como ursos e coelhos, equipados com vários sensores por toda sua extensão. Isso inclui câmeras nos olhos, motores de movimento no pescoço e nas pernas, alto-falantes na boca e microfones nos ouvidos.

Graças a esses sensores, o brinquedo poderá fazer o reconhecimento facial da criança e entender o que ela está dizendo para responder àquela ação. Segundo a patente, assim que identificar um comando de voz, o objeto pode virar a cabeça em direção ao usuário e respondê-lo com frases pré-gravadas. Neste caso, as frases ficariam armazenadas em um banco de dados do Google para que o ursinho responda a pergunta do seu dono corretamente.

O brinquedo inteligente também funcionaria como um controle remoto que permite tocar música ou iniciar um filme em uma TV ou DVD graças às tecnologias Wi-Fi e Bluetooth, que viriam integradas ao dispositivo. Além disso, a patente indica que o item poderia ser confeccionado de acordo com as preferências do consumidor, podendo ser "uma boneca, ou um brinquedo parecido com um humano, um animal, uma criatura mítica ou um objeto inanimado".

Google brinquedo

Patente revela que brinquedos em forma de coelho ou ursinho poderão responder a comandos do dono. (Foto: Divulgação)

Talvez o que mais chame atenção é que no documento da patente não é descrito nenhum mecanismo de segurança. Um "smart toy" projetado pelo Google pode ser interessante para as crianças, mas um problema para as famílias que adquirirem o brinquedo, uma vez que ele pode gravar o áudio e vídeo de quase tudo o que acontece dentro de casa. Isso sem contar na possibilidade de criminosos invadirem o sistema do objeto para roubar informações pessoais.

Em todo caso, o Google está atento ao aumento no número de usuários mirins de internet e outras tecnologias (smartphones, tablets, entre outras). Em fevereiro deste ano, a companhia lançou uma versão do YouTube exclusiva para as crianças que aposta em conteúdo educativo e, acima de tudo, seguro, já que os pais monitoram tudo o que seus filhos estão acessando. Por enquanto, o YouTube Kids está disponível apenas nos Estados Unidos.

Fonte: Engadget

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.