Google, Oculus, HTC e outras se unem para criar padrão de realidade virtual

Por Redação | 09.12.2016 às 14:30

Google, HTC, Oculus, Samsung, Sony e Acer podem ser todas competidoras diretas no mercado de realidade virtual (RV), mas anunciaram nesta semana um novo esforço conjunto para estimular o ecossistema global do setor, através da nova Global Virtual Reality Association (GVRA).

A associação sem fins lucrativos terá como objetivo principal "promover o desenvolvimento e adoção responsável da realidade virtual globalmente através de melhores práticas, diálogo entre partes interessadas e pesquisa", em um momento em que a indústria ainda dá os primeiros passos antes da massificação de mercado.

A expectativa é que a GVRA possa introduzir padrões para o avanço de tecnologias de RV, criando compatibilidades de hardware e software para o benefício de consumidores. Ao mesmo tempo, o órgão deverá funcionar como uma fonte de recursos sobre realidade virtual, seja para novos entrantes interessados em explorar o mercado ou para consulta de órgãos públicos e legisladores de diferentes países.

Apesar das boas intenções do grupo, é difícil imaginar que a GVRA realmente resultará em um futuro no qual a realidade virtual será completamente aberta e multiplataforma.
Exemplo disso é que o órgão recém-formado só incluiu hoje desenvolvedoras de hardware VR – com ausências notáveis de players como a Valve, responsável pela plataforma Steam VR, e da Microsoft, com seu sistema de realidade aumentada HoloLens.

Ainda assim, o grupo pode ser um passo positivo para consumidores, indicando que grandes organizações estão dispostas a deixar a competitividade de lado para colaborarem para a evolução do mercado de realidade virtual como um todo.

Via: Wired