Google e Apple planejam novas estratégias para seus serviços de carteira digital

Por Redação | 28 de Maio de 2015 às 13h18
photo_camera Divulgação
TUDO SOBRE

Apple

A Apple e o Google continuam firme na disputa para conquistar o mercado dos dispostivos móveis e, agora, o foco das duas companhias está na carteira digital.

A gigante das buscas deve anunciar novidades no seu evento anual para desenvolvedores, Google I/O 2015, que acontece nesta quinta-feira (28), como alterações no serviço Android Pay, que permite aos comerciantes aceitarem pagamentos com cartão de crédito com os seus próprios dispositivos e um aplicativo, integrado com programas de fidelidade no varejo.

Já a companhia da Maçã deve anunciar novas melhorias no Apple Pay na sua próxima conferência em junho, incluindo um programa de recompensas para os usuários de carteiras digitais.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Com a entrada das duas companhias neste mercado, empresas como PayPal e eBay precisam começar a focar mais no serviço de pagamentos móveis para não ficar para trás.

As duas concorrentes têm propostas diferentes em relação a esse serviço: a Apple deseja prender os clientes ao seu principal produto, o iPhone, enquanto o Google usa o pagamento digital para trazer as pessoas ao seu completo ecossistema de serviços. De acordo com Sucharita Mulpuru, analista de varejo e pagamentos da Forrester Reasearch, as companhias querem gerar um impacto grande no mercado de pagamentos digitais, assim como fez a Amazon no mercado de varejo.

Mas o grande desafio da Apple e do Google é lidar com os métodos clássicos de pagamentos, como dinheiro e cartões de crédito, pois eles são mais fáceis de usar e aceitos em praticamente todos os lugares. Então, a carteira digital funcionaria como um complemento e não um substituto.

Apesar dessa concorrência, os pagamentos móveis estão crescendo de maneira rápida. A Apple, que lançou o serviço em outubro do ano passado, tem parcerias com diversos bancos norte-americanos, o que permite que o Apple Pay trabalhe com a maioria dos principais cartões de crédito. Grandes varejistas dos Estados Unidos, como a Walgreens e Whole Foods, afirmam que os pagamentos através de carteiras digitais vêm crescendo significativamente depois do lançamento do produto.

Segundo analistas, o que realmente falta para a Apple é a recompensa aos clientes por usufruir do seu serviço e, por esse motivo, a companhia da Maçã está planejando anunciar um programa de vantagens para os consumidores. Mas até então, nenhum detalhe sobre o assunto foi divulgado. O Android Pay também é aceito em diversas lojas e os consumidores já contam com a vantagem de ter o valor de suas compras revertido em pontos de programas de fidelidade com os varejistas participantes.

Uma das diferenças que acaba trazendo mais vantagem para o Google é que o seu serviço está disponível para aparelhos de qualquer fabricante, enquanto a Apple disponibiliza a sua carteira digital apenas para usuários de iPhones.

A Samsung está prestes a também se tornar uma concorrente, principalmente do Google. A companhia sul-coreana adquiriu recentemente o Loop Pay, que pode fazer os usuários dos seus smartphones terem que decidir por eles ou pelo Android Pay.

E já que o assunto é tecnologia, que tal dar uma passada no CodigosDesconto.com.br? Lá vocẽ pode conferir os últimos cupons e promoções de produtos tecnológicos e mais uma infinidade de outras ofertas.

Fonte: New York Times

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.