Google cria Waymo, empresa especializada em carros autônomos

Por Redação | 13.12.2016 às 18:29

Tanta manobra da Alphabet em relação aos carros autônomos não poderia resultar em outra coisa: a criação de uma empresa-filha especializada neste tipo de tecnologia. Nesta terça-feira (13), nasceu a Waymo, cuja missão é "tornar fácil e seguro o transporte de pessoas e objetos".

Faz sete anos que o Google está investindo esforços nos tais carros que dispensam motorista, tendo inclusive lançado um protótipo em 2014. Tal veículo não contava nem com volante, nem com pedais, e era totalmente guiado por meio de sensores e um software complexo que tomava as decisões do carro pelo caminho.

E mais do que nunca, a indústria automotiva anda de braços dados com a tecnológica, o que resulta em carros inteligentes, elétricos, conectados e/ou autônomos aparecendo por parte de diversas montadoras. O potencial desta união é aumentar ainda mais nos próximos anos, a fim de tornar mais intuitiva a direção e evitar tantos acidentes nas estradas.

John Krafcik, líder do projeto de carro autônomo do Google e agora CEO da Waymo, diz que o projeto atingiu um marco no ano passado quando um homem cego, chamado Steve Mahan (foto), se tornou o primeiro a andar nem um carro completamente independente de motorista. O modelo é definido como Nível 5 em autonomia, ou seja, não possui volante, nem freio, nem acelerador.

Segundo o CEO, a plataforma da Waymo ainda está em desenvolvimento e ainda não está pronta para ser licenciada ou vendida para outras companhias. No entanto, segundo uma reportagem do Information, parece que a Alphabet quer focar mais em parcerias com as montadoras para criar um carro estilo tradicional, com todas as opções de um veículo comum, mas que também seria autônomo. Vamos aguardar até o fim de 2017 para ver quais serão as próximas sacadas da empresa.

Via Roadshow (Cnet)