Google contrata grande nome para assumir serviços de nuvem

Por Redação | 24.11.2015 às 09:05 - atualizado em 24.11.2015 às 12:13

O Google está levando a sério a computação em nuvem. A empresa anunciou uma conhecida empresária do Vale do Silício para liderar o setor na empresa, segundo informa o The New York Times. Diane Greene foi executiva-chefe da VMware no início da computação em nuvem, desde 1998 até 2008. Ela está prestando serviços para o gigante das buscas desde 2012 e, agora, assumirá o cargo de vice-presidente sênior para negócios empresariais do Google. Como parte do acordo, o Google também concordou em adquirir a startup Bebop, liderada por Greene, que vem trabalhando em tecnologias de nuvem nos últimos três anos.

Com o movimento, a companhia de Mountain View espera ir além de seus serviços de software e de publicidade tradicionais para o setor corporativo. O domínio no mercado de pesquisas, com o navegador Chrome e o sistema operacional móvel Android, faz da empresa uma gigante da tecnologia, mas ainda sem uma forte presença na esfera corporativa.

Diane Greene

Para expandir o mercado corporativo, o Google precisa aproveitar a sua competência tecnológica para criar plataformas de software e aplicativos em nuvem, além de ferramentas para a construção desses aplicativos. Tal mercado deverá aumentar para mais que o dobro nos próximos quatro anos, chegando aproximadamente a US$ 25 bilhões, segundo dados da IDC.

O Google também confirmou que cerca de 60% das empresas listadas na Fortune 500 utilizam um serviço pago de nuvem da companhia, como Gmail ou Google Drive. No entanto, esses produtos produzem apenas uma fração da receita potencial de produtos concorrentes da líder do mercado de nuvem, a Amazon, e também da Microsoft. O vice-presidente sênior de infraestrutura técnica da gigante, Urs Hölze, previu que as receitas em serviços de nuvem do Google superariam as receitas publicitárias em 2020, em clara indicação que a empresa investirá significativamente neste mercado.

Tal objetivo é bastante ambicioso, visto que exigirá uma profunda mudança nos negócios do Google. Os esforços em publicidade da empresa foram responsáveis por 89% de um total de US$ 66 bilhões em receitas no ano passado, enquanto o setor de nuvem da empresa pode entregar apenas US$ 500 milhões neste ano.

Via The Verge

Fonte: http://www.theverge.com/2015/11/19/9764994/google-cloud-vmware-diane-greene-hire