Google bloqueia contas de quem revendeu smartphones Pixel

Por Redação | 18.11.2016 às 12:26

O Google suspendeu as contas de centenas de pessoas que aproveitaram uma brecha no imposto sobre vendas dos Estados Unidos para conseguir ganhar um dinheirinho em cima da revenda ilegal de smartphones da linha Pixel.

Os consumidores conseguiram comprar seus aparelhos por meio da operadora de telefonia móvel do Google, a Project Fi, mas, depois de receberem os gadgets, eles os enviavam para um revendedor no estado norte-americano de New Hampshire, onde não incidem impostos de vendas. Em troca da "gentileza", o revendedor dividia seu lucro com os clientes que forneciam os smartphones.

Como já era de se imaginar, esse tipo de mutreta vai contra os termos do Google, que são bem claros ao dizer que os clientes "só podem adquirir dispositivos para uso pessoal [e] não podem revender comercialmente qualquer dispositivo". No entanto, o tal revendedor de New Hampshire já explorava esse tipo de transação há anos com os modelos de Nexus lançados anteriormente.

Como uma espécie de castigo por querer sacanear a empresa, o Google simplesmente suspendeu as contas dos clientes que ajudaram a revender os novos Pixels. Isso significa que eles perderam totalmente o acesso a seus e-mails, fotos, documentos, e qualquer outra coisa que estivesse relacionada à sua conta do Google. Para muitos, isso pode significar um assassinato digital.

Fonte: The Guardian