Galaxy S8 com Exynos 8895 supera todos os concorrentes em teste de desempenho

Por Redação | 19.03.2017 às 12:12

Apesar de ainda não ter sido anunciado oficialmente, os rumores indicam que o Galaxy S8 é uma verdadeira besta enjaulada com configurações de fazer inveja em qualquer concorrente. E isso foi confirmado neste fim de semana, quando o flagship da Samsung apareceu em testes de benchmark desbancando todos os seus rivais.

Equipado com o novíssimo SoC Exynos 8895, o Galaxy S8 conta com processador fabricado em 10 nm, segunda geração de núcleos personalizados e uma GPU de alto desempenho e que consome pouquíssima energia. Como se isso não fosse suficiente, o componente é capaz de atingir velocidades de até 3 GHz, algo inédito em chips para dispositivos móveis.

Resultado de teste de desempenho do Galaxy S8 mostra o quão poderoso o dispositivo é
Resultado de teste de desempenho do Galaxy S8 mostra o quão poderoso o dispositivo é (Reprodução: Geekbench)

É tanto poder de fogo que concorrentes que usam Snapdragon 821 e até o Snapdragon 835 comeram poeira nos testes de desempenho do Geekbench. Nas medições multicore, em que todos os núcleos do SoC são ativados ao mesmo tempo, o Galaxy S8 com Exynos 8895 atingiu 6.375 pontos, 263 a mais que o Huawei Mate 9, o segundo colocado. O Galaxy S8 com Snapdragon 835 ficou em terceiro lugar com 6.084, enquanto o iPhone 7 Plus ficou em quarto com 5.664 pontos.

O cenário muda quando o Geekbench testa apenas um dos núcleos do aparelho, colocando-o na segunda posição com apenas 1.978 pontos. O lugar mais alto do ranking fica com o iPhone 7 Plus, que registrou incríveis 3.473 pontos de desempenho. Mas afinal de contas o que isso significa?

Ranking destaca Galaxy S8 em relação aos concorrentes em testes com múltiplos núcleos ativados e outro de single core. Aparelho só fica para trás no segundo tipo de teste
Ranking destaca Galaxy S8 em relação aos concorrentes em testes com múltiplos núcleos ativados e outro de single core. Aparelho só fica para trás no segundo tipo de teste (Reprodução: Geekbench)

Basicamente que em tarefas que exigem mais processamento, como a execução de jogos e renderização de vídeos, o Galaxy S8 com Exynos 8895 é impecável e se sobressai em relação a qualquer concorrente. Porém, nas tarefas do dia a dia, em que apenas um dos núcleos de processamento é utilizado, o iPhone 7 Plus se sai melhor. A explicação disso é a seguinte: a integração de hardware e software da Apple conta muito mais pontos aqui, deixando o chip processador baseado em arquitetura ARM da Samsung para trás.

E aí vem a pergunta que não quer calar: qual é o melhor? Se você é um usuário comum, pode apostar que qualquer um desses dispositivos mostrados na lista do Geekbench serão capazes de atender às suas necessidades. No fim das contas, a escolha é muito mais uma questão de preferência e orçamento do que qualquer outra coisa.

Fonte: Xiaomi Today