Fundador acredita em sucesso do Groupon junto a pequenos negócios

Por Redação | 23 de Novembro de 2015 às 12h17

Houve um tempo em que os sites de compras coletivas eram a grande coqueluche da internet, com milhares de pessoas comprando jantares, ingressos, passagens e todo tipo de coisa com preços bem abaixo do padrão graças à força da demanda. E entre os diversos players desse mercado, o Groupon era o maior deles, mas sua situação atual, com ações em baixa e um valor de mercado de menos de US$ 2 bilhões, em nada lembram os tempos de bonança.

Para o fundador da empresa, Andrew Mason, trata-se de uma mudança de posicionamento que, por culpa do próprio Groupon, não foi bem informada à imprensa e aos usuários, passando a todo o mercado a impressão de declínio. Para ele, que já atuou como CEO da plataforma e hoje é diretor da Detour, uma stratup de tours guiados por áudio, a grande força hoje está nos pequenos negócios, e é neles que a companhia está focando seus esforços no momento.

Apesar desse redirecionamento, pouco mudou no coração do Groupon. Mason afirma que o patamar de empresa de tecnologia com crescimento mais rápido da história foi alcançado com muito trabalho e envios de e-mails diários para os usuários com promoções bastante interessantes. Agora, essa mesma ideia deve ser aplicada a negócios menores como uma forma de fazer com que eles se sobressaiam em relação à concorrência, principalmente na comparação com grandes companhias do setor de varejo.

A ideia de que a empresa não soube se comunicar, inclusive, contradiz uma fala recente de Rich Williams, o atual CEO do Groupon. Em um texto falando justamente sobre o foco nos pequenos, o executivo disse que o sistema de compras coletivas foi mal interpretado pela mídia e que, hoje, são poucos que entendem suas reais motivações.

Apesar de ser dono de mais de um milhão de cotas do Groupon e ter certo poder de voto na diretoria da companhia, Mason deixa claro que não deseja interferir nos rumos atuais da empresa, muito pelo contrário. Ele diz permanecer na torcida por uma melhora na companhia e, mais do que isso, afirma esperar que os usuários que contribuíram para o crescimento meteórico da plataforma também estejam ao lado dela nesse momento de ressurgimento.

Fontes: Andrew Mason (Medium), Recode, Groupon

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.