Foxconn solicita acordo com bancos para concluir a compra da Sharp

Por Redação | 15 de Março de 2016 às 16h48

A Sharp, tradicional fabricante japonesa de televisores e aparelhos de vídeo cassete, anunciou no final do último mês que havia sido adquirida pela Foxconn, a principal parceira da Apple quando o assunto é a fabricação dos gadgets da Maçã. Contudo, após tomar ciência de um passivo de US$ 2,7 bilhões da companhia japonesa, a Foxconn quer pagar as dívidas da Sharp antes de concluir o acordo e, para isso, ela recorre a dois bancos japoneses.

Conforme relatado pelo jornal Nikkei, a empresa chinesa procurou o Mizuho Bank e o Bank of Tokyo-Mitsubishi UFJ a fim de solicitar empréstimos para que a Sharp quite as suas dívidas, evitando que os passivos da companhia aumentem. Além disso, ainda de acordo com a publicação nipônica, a Foxconn propôs aos bancos adquirir todas as ações que eles possuem da Sharp por um valor abaixo dos US$ 879 milhões inicialmente propostos.

A Foxconn esperava concluir o processo de aquisição da Sharp até o final de fevereiro, mas as dívidas descobertas neste meio tempo obrigou a parceira da Apple a adiar tudo. Fontes inteiradas do negócio apostam que o acordo entre as duas empresas asiáticas deve ser concluído com sucesso até o final desta semana.

Fonte: Nikkei

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.