Fitbit está prestes a adquirir a Pebble por cerca de US$ 40 milhões

Por Redação | 01 de Dezembro de 2016 às 10h04

Duas importantes empresas fabricantes de relógios e pulseiras inteligentes podem estar prestes a unir forças. Segundo informações divulgadas pelo Information, a Fitbit está prestes a tornar pública uma oferta para comprar a Pebble.

O portal não falou em valores exatos, preferindo afirmar que a transação envolverá uma "pequena quantia" de dinheiro. Por outro lado, uma fonte com conhecimento de causa garantiu ao TechCrunch que a Fitbit oferecerá algo em torno de US$ 34 milhões e US$ 40 milhões à Pebble.

O valor é muito inferior à primeira oferta de compra que a Pebble recebeu em 2015. Naquela época, a Citizen mostrou US$ 740 milhões aos fundadores do negócio, que iniciou suas atividades após uma campanha bem-sucedida no Kickstarter. A oferta, claro, foi rejeitada, mas outras empresas continuaram tentando adquirir a fabricante. Na última oferta, a Intel fez uma proposta de US$ 70 milhões, que também foi negada.

Apesar de estar oferecendo uma quantia de dinheiro muito menor, a Fitbit deve mesmo conseguir fechar negócio. Isso porque a Pebble vem passando por dificuldades financeiras há algum tempo - há inclusive quem diga que ela mal consegue pagar suas contas.

De volta ao Information, o site alega que a fabricante de pulseiras e relógios inteligentes deve optar por descontinuar os produtos da adquirida e acabar com a marca ao longo do tempo. Dessa maneira, o que restaria seriam os recursos, patentes e softwares da Pebble, que seriam incorporados pela Fitbit.

A confirmação do negócio deve ocorrer nos próximos dias. Vamos ficar de olho.

Via The Information, TechCrunch

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.