FBI teria pago menos de US$ 1 milhão para hackers invadirem iPhone

Por Redação | 29 de Abril de 2016 às 09h37

Há cerca de uma semana, uma notícia quanto ao montante que o FBI teria pago aos hackers que invadiram o iPhone 5c de Syed Farook viralizou na internet, pois o valor calculado teria sido superior a US$ 1,3 milhão. Agora, uma reportagem da agência Reuters informou que o bureau na verdade teria pago menos de US$ 1 milhão aos especialistas contratados para o trabalho. A agência teria conseguido a informação com fontes próximas ao órgão.

O cálculo anterior foi baseado em uma pista que James Comey, diretor do FBI, teria dado durante uma conferência realizada em Londres. Comey disse que o valor gasto foi superior ao que ele ainda deve ganhar no cargo - mais sete anos e quatro meses. Portanto, considerando que o salário anual do diretor é de US$ 183,2 mil, o valor pago aos hackers teria sido superior ao de US$ 1,34 milhão.

Com relação à identidade desses especialistas contratados, ainda não se sabe de nada além de rumores, uma vez que a transação correu em sigilo. As fontes da agência de notícias disseram também que nem mesmo Comey teria conhecimento do nome desses profissionais.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.