Falha no boot leva Nexus 6P a sofrer uma ação coletiva na Justiça

Por Redação | 20 de Abril de 2017 às 17h19
TUDO SOBRE

Nexus 6P

A Huawei é a terceira maior fabricante de smartphones da atualidade, o que não é pouca coisa. Contudo, apesar de seu crescimento robusto nos últimos anos a companhia não está livre de problemas. O mais complicado deles na atualidade talvez seja a ação coletiva movida contra o Nexus 6P, gadget concebido pelo Google e fabricado pela companhia.

Ele se junta a outros aparelhos, especificamente G4, G5, V10, V20 e Nexus 5X (todos da LG), após ter sido identificado com o defeito Bootloop. Tal problema resulta em um reinício infinito do sistema assim que ele é ligado, tornando-o inutilizável, o que definitivamente irrita e prejudica qualquer usuário. E nem mesmo a bateria do Nexus 6P ficou de fora: a ação acusa um grave defeito que drena toda a energia do aparelho.

Segundo a ação que corre na Justiça, ambos os defeitos foram identificados tanto em aparelhos ainda cobertos pela garantia quanto por aqueles que já não tinham mais tal cobertura. Neste ponto, a petição que dá início ao processo alega que muita gente não recebeu outro aparelho na garantia, enquanto aqueles que receberam precisaram aguardar vários dias até que isso acontecesse.

PECHINCHAS, CUPONS, COISAS GRÁTIS? Participe do nosso GRUPO DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Google e Huawei implicadas no processo

Os responsáveis pela ação alegam ainda que tanto o Google quanto a Huawei tinham conhecimento sobre o problema, mas não agiram a fim de repará-lo. Desta maneira, o ministério público da Califórnia acusa tanto a Huawei quanto o Google por quebra de garantia, fraude, enriquecimento ilícito e violações de diversos regulamentos de proteção ao consumidor.

“Quando o bootlooping acontece, o telefone se torna essencialmente um peso de papel bastante caro”, alega a ação que busca reparo financeiro aos donos de Nexus 6P prejudicados.

Fonte: Ars Technica

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.