Ex-programador do Google conta como foi morar na empresa por mais de um ano

Por Redação | 10.08.2015 às 10:45

Trabalhar em grandes empresas de tecnologia como o Google é o sonho de muitos, porém o custo de vida na região que cerca o Vale do Silício é bastante alto. Quem conta isso é o programador Ben Discoe, que trabalhou e morou no Googleplex de outubro de 2011 a novembro de 2012.

Discoe contou à Bloomberg que morava no Havaí e se mudou para a companhia depois de se divorciar e ver a 510 Systems, empresa que trabalhava, ser vendida para o Google. Então, por estar solteiro e sem os filhos, decidiu não alugar um apartamento, mas sim comprar uma van e encaixar todos os seus pertences dentro do veículo.

O programador recebia um salário anual de US$ 135 mil e poderia arcar com os custos de uma casa ou apartamento, mas por não ser uma pessoa materialista, dispensou este tipo de conforto. No lugar do imóvel, ele decidiu adquirir uma GMC Vandura branca de 1990 por apenas US$ 1.800 e reformá-la por completo, personalizando e a transformando em um trailer.

No interior do veículo, um colchão, um estrado e algumas gavetas foram mais do que suficientes para que ele morasse no estacionamento da gigante das buscas. Para comer, Discoe utilizava as dependências do Googleplex, que oferece mais de 25 opções de restaurantes. O programador ainda aproveitava os banheiros da academia para tomar banho e carregava os seus dispositivos no escritório. Com isso, os gastos eram praticamente nulos e dedicados apenas ao transporte público e lavanderia.

Ele ainda conta que o motivo pelo qual decidiu não gastar dinheiro com uma moradia fixa é poder se aposentar mais cedo e voltar para o Havaí, onde possui uma fazenda na cidade rural de Ahualoa. Lá, ele cuida de galinhas e cultiva chá.

Antes de Discoe, o também programador Matthew Weaver morou por 54 semanas em um trailer no estacionamento do Google. Com mais conforto e privacidade, ele tinha um gramado artificial e cercas em frente ao veículo, possibilitando que ele convidasse amigos para pequenas festas e churrascos.

O costume destes profissionais está se tornando mais comum do que imaginamos. Elon Musk, dono da SpaceX e da Tesla Motors, contou recentemente que passou diversas noites em um pufe ao lado da mesa de trabalho de uma das suas startups.

Porém, Discoe afirma que não existe a possibilidade de passar muito tempo morando no Googleplex, pois o conforto e a privacidade começam a fazer falta em um determinado momento.

Fonte: Gizmodo, Bloomberg