Ex-diretora do Citigroup abre plataforma de investimento para mulheres

Por Redação | 11.05.2016 às 12:15

Criar uma plataforma de investimento e gerenciamento de recursos exclusivamente para mulheres levando em conta as particularidades do gênero e conceitos como machismo e diferenciação, este é o objetivo do Ellevest. A startup, revelada nesta quarta-feira (11), é o novo projeto de Sallie Krawcheck, ex-diretora financeira do Citigroup e considerada uma das mais proeminentes executivas do mercado financeiro.

A ideia, aqui, é não apenas auxiliar as mulheres a lidar com o próprio dinheiro, mas também levar em conta situações que apenas elas enfrentam. É o caso, por exemplo, das diferentes normas relacionadas a aposentadorias e licenças, bem como os arcos de salário normalmente inferiores recebidos por elas mesmo em posição de chefia. Decisões como o nascimento de um filho, divórcios e outros também são consideradas para planejar os investimentos.

A ideia é tornar o mundo dos negócios não apenas mais inclusivo, mas, também, acessível. As usuárias do Ellevest poderão trabalhar com carteiras de diversos mercados, desde ações até fundos e outras categorias. Em troca, a empresa cobra uma taxa de 0,5% do saldo médio mensal das carteiras, um valor que não está entre os mais baratos do mercado, mas que a companhia diz ser adequado devido às perspectivas de lucros oferecidos.

Aqui, entram em destaque também ferramentas de gerenciamento de portfólio, com assessoria personalizada para as clientes e também sistemas automatizados que conseguem prever quando algo está errado, e indicar maneiras de reverter eventuais perdas. Por causa de funcionalidades desse tipo, entretanto, o Ellevest ainda se encontra em fase de testes com uma centena de mulheres selecionadas e ainda não tem data prevista para abrir as portas a todo o público, inicialmente, nos Estados Unidos.

Logo de início, a plataforma já tem seus louros. O sistema levantou US$ 10 milhões em uma rodada de investimentos de Série A, que foi liderada pela Morningstar. Além disso, apostaram na companhia outros grandes nomes do mercado financeiro, como Ajay Banga, CEO da Mastercard, Mohamed El-Erian, principal conselheiro econômico do grupo Allianz, e Brian Finn, ex-CEO do Credit Suisse First Boston.

Os trabalhos do Ellevest também acontecem lado a lado com o Ellevate, uma rede global para promover mulheres como líderes no mundo dos negócios. A startup foi adquirida em 2013 por Krawcheck, e, inclusive, a experiência da executiva com esse trabalho foi fundamental para a criação deste que ela considera seu maior projeto até aqui.

Fontes: Ellevest, Techcrunch