Estudo mostra que CFOs investem mais em tecnologia do que imaginam os CIOs

Por Redação | 07.06.2016 às 00:10

Ao perguntar para um CIO se o CFO de sua companhia investe o suficiente em tecnologia, a resposta mais comum será “não”. Mas um novo estudo realizado pela Deloitte mostrou que os diretores financeiros se preocupam em investir em tecnologia mais do que imaginam os diretores de TI.

A empresa de auditoria e consultoria mostrou que os CFOs estão perguntando mais sobre como ampliar a tecnologia de suas companhias mantendo uma infraestrutura suficiente para que sua empresa cresça, de acordo com as verbas disponíveis. “Eles estão tentando aprender e entender o que é preciso saber para garantir que as empresas estejam usando as plataformas certas para apoiar suas iniciativas de crescimento”, disse Ajit Kambil, diretor global de pesquisa do programa de CFO da Deloitte.

Ou seja, esse estudo mostra que os CFOs não somente estão “abrindo a carteira” para os departamentos de TI de suas empresas, como também estão procurando entender mais sobre o assunto para que possam fazer investimentos mais acertados. No entanto, na prática ainda se observa um tanto de falta de diálogo entre CIOs e CFOs, resultando em disputas e confrontos que não agregam avanço à companhia.

De acordo com a Deloitte, pelo menos um terço dos diretores financeiros e de TI acreditam ter de fato uma parceria no ambiente de trabalho. Isso porque os CIOs tendem a focar nas ideias de inovação, enquanto os CFOs são avessos a riscos, especialmente quando desconhecem o assunto em questão. Para começar a solucionar esse embate, a empresa recomenda que esses profissionais se concentrem nos objetivos comuns a fim de garantir que as operações funcionem de maneira eficiente.

Depois dos profissionais conseguirem alinhar sua comunicação, Kambil aconselha aos CIOs que expliquem melhor aos CFOs a importância das tecnologias aplicadas, ou das que deseja aplicar na companhia. “Os CIOs podem ajudar os CFOs a entenderem como a tecnologia está evoluindo e os sistemas nos quais estão investindo”, recomenda o diretor. Em contrapartida, os CFOs devem ajudar os diretores de TI a identificar os impactos das tecnologias nos processos de negócios, já que uma parceria verdadeira entre esses diretores em uma empresa pode melhorar sua capacidade de alinhar o investimento de TI com os planos de crescimento de seus negócios.

Fonte: Deloitte; Via: CIO