Este é o robô usado pelo Google para testar a responsividade do Android

Por Redação | 30.06.2015 às 09:34
photo_camera Divulgação

Pare e pense: quantas vezes você já tentou abrir um aplicativo no seu celular e teve que esperar vários segundos e até minutos a mais para que ele fosse executado? Esse é o famoso lag, também conhecido no universo dos jogos de videogame, e sempre acontece quando a latência (o tempo de resposta) não é imediata à ação do usuário. Tamanha lentidão já é motivo de pesquisa entre empresas de tecnologia, incluindo o Google.

Como o Android está presente na maioria dos smartphones, é normal que a gigante das buscas faça diversos testes que monitorem justamente o tempo de resposta daquilo que queremos fazer num dispositivo móvel. Entre as tarefas mais básicas está o simples fato de tocarmos na tela sensível ao toque. E esta é a função do Chrome TouchBot, um robô que verifica bugs, erros, lag e outras imperfeições na latência da interface dos sistemas operacionais Android e Chrome OS.

Um vídeo divulgado nesta semana mostra o funcionamento da máquina. Publicado por François Beaufort, engenheiro e evangelista do Chromium no Google, o clipe exibe o robô tocando sem parar a tela dos aparelhos até que algum problema seja detectado. Como é possível notar, o equipamento registra todo o processo da ação feita pelo usuário, ou seja, desde o momento em que o dedo toca o display até a plataforma responder.

Além dos celulares inteligentes, o robô avalia os trackpads dos Chromebooks para identificar possíveis defeitos. Neste caso, ele simula toques na tela em uma página da web para então dar um retorno visual sobre o resultado desses toques. Com isso, o robô consegue captar erros que muitas vezes passam despercebidos pelos olhos humanos e corrigi-los da maneira adequada.

Um detalhe interessante é que o TouchBot foi equipado com um software livre, o que significa que qualquer desenvolvedor pode analisar a máquina e até experimentar o teste que o robô faz nos aparelhos. Neste link é possível visualizar as provas pelas quais são submetidos os dispositivos do Google, incluindo os gadgets da família Nexus.

O robô foi produzido em parceria com a finlandesa OptoFidelit. Assista ao vídeo:

Fonte: François Beaufort (Google+)