Escritórios do Google em Madri são revistados por suspeita de evasão fiscal

Por Redação | 30.06.2016 às 11:47

Nesta quinta-feira (30), os escritórios do Google na capital espanhola de Madri foram revistados por oficiais da Agência Tributária da Espanha por suspeita de evasão fiscal. O órgão que fiscaliza o sistema tributário e aduaneiro do país está investigando o Google pelo pagamento de impostos.

"Cumprimos a legislação fiscal na Espanha e em outros países em que operamos", assegurou um porta-voz da empresa. Em nota, o Google também afirmou que está "cooperando com as autoridades na Espanha para responder a todas as perguntas". A operação faz parte de uma investigação da Fazenda espanhola que se estende desde 2011. Parte do sistema tributário do Google é gerenciado a partir da Irlanda. Desta forma, a empresa poderia estar artificialmente reduzindo seu negócio na Espanha para pagar menos impostos ao governo.

As investigações das autoridades espanholas acontecem em um momento que outros países, como a França, analisam a maneira com que as empresas norte-americanas estão atuando em território europeu. Empresas como Google, Apple e Yahoo poderiam estar utilizando esquemas de planejamento tributário para enviar lucros ao exterior para declará-los em jurisdições com menores taxas de impostos. Em fevereiro, o governo francês estava à procura de € 1,6 bilhões em impostos atrasados do Google.

Também no início do ano, o Google aceitou pagar cerca de 130 milhões de libras para os cofres do Reino Unido. A quantia foi bastante criticada pelos legisladores do país, que afirmaram que o valor do acordo foi muito abaixo do ideal, tendo em vista o tamanho dos negócios gerados pelo Google no país.

Via Folha de S. Paulo, The Guardian