Ericsson planeja demitir milhares de funcionários para cortar custos

Por Redação | 14 de Junho de 2016 às 10h49

A fabricante de equipamentos de telecomunicações Ericsson planeja demitir milhares de funcionários nos próximos meses, segundo informações do jornal Svenska Dagbladet. As demissões ocorreriam para que a empresa pudesse realizar cortes adicionais de custos, tendo em vista que diversos mercados diminuíram seu consumo de equipamento de telecom.

As informações do jornal, que cita fontes anônimas, dizem que a sueca planeja demitir entre 3 mil a 4 mil funcionários até o final de setembro. A publicação ressalta que mesmo após essas demissões, outros milhares de funcionários podem ser demitidos posteriormente. A medida ocorre depois de a Ericsson registrar um lucro trimestral abaixo das expectativas. Na ocasião da divulgação de seus resultados financeiros, a companhia afirmou que os gastos com equipamentos de redes foram reduzidos na Europa e na América Latina e que isso exigiria novos cortes de custos.

A empresa ainda não se pronunciou sobre a manobra, mas reafirmou que está no caminho certo para alcançar economias de custo de 9 bilhões de coroas suecas até 2017 em comparação a 2014. "Este programa está no caminho certo, mas ainda há muito a ser feito antes que ele seja concluído", disse a Ericsson em um comunicado.

Com a maior parte da última geração de redes já construídas, especialmente em mercados desenvolvidos, a Ericsson está se esforçando para encontrar uma maneira de manter o crescimento de seus negócios. No final do primeiro trimestre deste ano, a corporação empregava 115.300 funcionários, abaixo dos 116.300 anunciados em 2015.

Via SvD, Reuters

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.