Entrevista de emprego pela internet: o que profissionais e empresas pensam?

Por Redação | 19 de Maio de 2015 às 15h24

Com a popularização de tecnologias de vídeo baseadas na internet, as entrevistas de emprego online estão ganhando cada vez mais força. Isso é algo muito interessante, afinal os melhores candidatos podem morar em uma área longe do escritório principal de uma empresa, por exemplo. As entrevistas online feitas com o auxílio de programas como Skype e Google Hangouts permitem que as companhias tenham a oportunidade de ver as expressões faciais e a linguagem corporal dos candidatos sem precisar deslocá-lo.

Mas será que as empresas e os candidatos estão preparados para encarar essa nova realidade? De acordo com uma pesquisa realizada pelo site de empregos Catho, quando o assunto é o uso de tecnologias para os processos de recrutamento, as empresas brasileiras parecem estar menos preparadas do que os profissionais.

O estudo constatou que 92,1% dos profissionais brasileiros gostariam de fazer entrevista online, enquanto 67,7% das empresas do país nunca utilizaram o recurso. Apesar desse atraso por parte das companhias, 83,5% delas disseram acreditar que o uso das entrevistas online em alguma etapa do processo de seleção é uma tendência.

"É muito importante que o RH esteja antenado com as tendências tecnológicas e assim comece a auxiliar empresas a otimizar seu tempo utilizando ferramentas que estão disponíveis pela internet", afirma Leonardo Cotisifis, diretor da Catho, marca que embala a unidade de negócios para empresas.

Quando questionadas sobre as vantagens da entrevista online, 33,9% das empresas avaliam a flexibilidade de data e horário como a principal, enquanto 29,2% entendem a redução no tempo do processo como mais vantajosa. A otimização do filtro de candidatos também foi citada por 18,8% das empresas entrevistadas.

"Principalmente em grandes metrópoles, fazer uma entrevista online em alguma etapa do processo seletivo pode agilizar e possibilitar a empresa a avaliar mais candidatos, além de testar o conhecimento do profissional no uso dessas ferramentas", completa Leonardo Cotisifis.

Já para os profissionais que buscam emprego, a principal vantagem desse tipo de entrevista é a flexibilidade de data e horário (41,6%). Economia de tempo e de dinheiro também foram citados como benefícios do uso dessas ferramentas. A pesquisa ainda mostra que 90,1% dos profissionais se sentem confortáveis em participar de entrevistas online.

Veja também:

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.