Empresa abre processo que acusa Apple de violar patentes com o Watch

Por Redação | 05 de Janeiro de 2016 às 14h33

A Valencell, empresa especializada em sensores biométricos, está movendo uma ação judicial contra a Apple acusando a empresa de Cupertino de violação de patente, práticas comerciais enganosas e quebra de contrato. Todas as acusações estão relacionadas ao trabalho que ambas as empresas tiveram juntas antes do lançamento do Apple Watch.

Segundo a Valencell, a Apple manifestou interesse na sua tecnologia de sensor de frequência cardíaca PerformTek, fazendo com que a empresa acreditasse que ela estaria interessada em licenciar a tecnologia para utilizar o sensor no Apple Watch. Em 2013 e 2014, a Apple reuniu-se com a Valencell para discutir como as características do PerformTek poderiam ser inseridas no Apple Watch.

A Valencell demonstrou um protótipo de um relógio com a tecnologia PerformTek para 15 funcionários da Apple e mais tarde enviou alguns produtos para testes. Por conta disso, a Valencell acredita que a Apple propositalmente enganou a empresa solicitando informações técnicas e know-how sob o falso pretexto de um acordo de licenciamento, apesar de nunca terem a intenção de realmente licenciar a tecnologia. Segundo a empresa de sensores, para a Apple era financeiramente mais benéfico correr o risco de infringir patentes e ter que arcar com os custos de um processo do que licenciá-las.

Segundo a empresa, a Apple infringiu quatro de suas patentes ao lançar o Apple Watch, todas relacionadas com a tecnologia de detecção de frequência cardíaca. Ela também está solicitando uma liminar permanente para prevenir futuros atos de violação, bem como indenização por danos e uma taxa de royalties relacionados ao licenciamento das patentes violadas.

Fonte: Apple Insider

Fonte: http://www.macrumors.com/2016/01/04/apple-valencell-apple-watch-lawsuit/

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!