EMC tem onda de demissões após fusão com a Dell

Por Redação | 08 de Janeiro de 2016 às 15h47

A fusão entre Dell e EMC ainda está acontecendo, com previsão de encerramento para o segundo semestre deste ano, mas seu principal efeito já está sendo sentido por uma série de funcionários da companhia de tecnologia da informação. De acordo com um porta-voz da empresa, um número não-divulgado de funcionários foi demitido nesta semana como parte de um plano de contenção de custos.

O enxugamento das contas é um dos primeiros reflexos na EMC após a compra pela Dell. Ao registrar a transação junto à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, a fabricante de computadores revelou que a ideia é tomar medidas para cortar US$ 850 milhões em gastos de forma preliminar à fusão, um processo que inclui não apenas uma otimização das operações internas, mas também as demissões que estamos vendo agora.

O processo de dispensas deve ser concluído até o final do primeiro trimestre de 2016, mas mesmo tendo confirmado a situação, a companhia não falou quantos funcionários, entre os 50 mil trabalhadores da EMC, serão mandados embora. A Dell também não comentou sobre escritórios regionais sendo fechados ou territórios afetados com mais força pelo movimento.

A aquisição da EMC pela Dell é considerada a maior já feita no mercado de tecnologia da informação. Como um investimento para conter as perdas oriundas da queda nas vendas de computadores, a fabricante gastou US$ 67 bilhões na transação, de olho em aumentar sua presença no mercado empresarial e também nos setores de virtualização e cloud computing.

Apesar de se tornar uma das maiores potências no mundo da tecnologia, a ideia da Dell com a aquisição é que a união com a EMC mantenha seu capital fechado. Isso, para o fundador Michael Dell, é essencial nesse momento de reorganização, pois permite a maior flexibilidade possível para os executivos e também garante menor complexidade durante o processo.

Fonte: TechCrunch

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.