Em vídeo, componentes do suposto Apple Watch 2 mostram GPS e bateria maior

Por Redação | 01.09.2016 às 23:25

A primeira geração do Apple Watch certamente foi um sucesso com os já usuários do ecossistema da Maçã, mas também é inegável que ele não foi um divisor de águas dos smartwatches como se esperava. Operando por uma interface bastante diferenciada, porém pouco intuitiva, o primeiro Watch ainda trazia alguns problemas práticos, como pouca bateria embarcada e a dependência do iPhone, o que fazia alguns usuários questionarem sua existência. Mas o Apple Watch 2 pode mudar essa fama, veja só:

Segundo informações do BGR, que foram cedidas por "fontes confiáveis" do portal, a próxima geração do smartwatch da Apple pode acabar com as frustrações daqueles que não gostaram muito do primeiro modelo, apresentado em abril de 2015: a terceira versão do watchOS, sistema operacional do relógio, deve simplificar a interface vista nas versões anteriores, que embora fosse de encher os olhos, tinha sérios problemas de design e usabilidade.

Apesar de não contar com modems 3G ou 4G para emancipá-lo do pareamento obrigatório com iPhones, o próximo Watch também deve trazer um sensor GPS, algo que deve posicioná-lo melhor como um acessório para acompanhar atividades físicas; por último, mas não menos importante, essas mesmas fontes também alegam que o Watch 2 terá um bom ganho em bateria, algo que se deve à miniaturização constante dos componentes e que permite preencher os espaços restantes com uma bateria maior.

Para ver os componentes do Apple Watch 2, pule o vídeo para 3:45 ;)

Como podemos ver no vídeo acima, alguns técnicos em reparo de smartwatches da Inglaterra parecem ter viajado à China para conhecer de perto aqueles que seriam os componentes do Apple Watch 2. Nas imagens são comparadas as baterias do Watch 1 e 2, bem como seus displays e sensores, além de um display mais fino e com mais sensores — incluindo o já citado GPS. A segunda versão do gadget também tem uma bateria 35% maior, pulando de 246mAh do primeiro Watch para 334mAh em seu sucessor.

Embora se tratem de vazamentos, podemos afirmar que estas especulações sobre o Watch 2 são mais sólidas e críveis que o que antes havia sido reportado. Tradicionalmente, a Apple costuma preencher as lacunas de um dispositivo em sua segunda geração, para apenas depois adicionar recursos e torná-lo verdadeiramente maduro para o mercado. Se pensarmos que a falta de GPS e a sua diminuta bateria refletiam boa parte das reclamações a respeito do gadget, é provável que vejamos um Apple Watch aperfeiçoado este ano.

Espera-se que o Apple Watch 2 seja lançado junto do iPhone 7 na próxima quarta-feira (7). Fique ligado no Canaltech para mais informações sobre a Maçã!

Fonte: BGR, Byte Superstore