Em SP, motoristas do Uber enganam sistema com localização falsa no aplicativo

Por Rafael Romer | 23.05.2016 às 14:57 - atualizado em 23.05.2016 às 22:32
photo_camera Divulgação

Motoristas do Uber podem estar utilizando aplicativos terceiros para enganar o GPS do serviço de caronas pagas e conseguirem pegar corridas longe da área onde estão, indicou ao Canaltech um leitor que passou por uma experiência assim na semana passada, em São Paulo.

De acordo com o relato de I.L, que preferiu não se identificar, ao pedir por um UberX na área de desembarque do Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Guarulhos, na última quarta-feira (18), o leitor notou que o motorista que atendeu o chamado aparentava estar próximo ao aeroporto, mas não se movimentava até o ponto em que estava aguardando.

Após alguns minutos nessa situação, I.L conta que recebeu uma ligação do motorista, que perguntou em qual terminal ele estava aguardando, alegando que o local de espera não estava aparecendo no mapa e que "o sistema do Uber é que estava com problemas, mas que ele já estava na metade do caminho".

Durante a corrida, o próprio motorista comentou com o passageiro que havia ouvido falar sobre o aplicativo "Fake GPS", que permite modificar a localização do GPS do smartphone, o que também mudaria a posição do carro dentro do Uber — ainda que não tenha confirmado que estava usando o app naquele momento.

"Provavelmente foi o que ele usou, ele colocou no GPS que estava perto do aeroporto para poder pegar a corrida de lá, talvez para não perder tempo e ficar esperando, só que estava em algum outro lugar", contou ao Canaltech. "E aí o passageiro se ferra, isso me atrasou uns quinze minutos porque ele estava longe, mas o sistema do Uber entendeu que ele estava perto e colocou ele para fazer a corrida."

O uso desse tipo de ferramenta para mudar a localização em aplicativos como Uber não parece ser uma novidade entre os motoristas do serviço. Em uma busca na Internet, é possível encontrar discussões sobre o tema em fóruns como o UberPeople — uma "comunidade independente" de motorista de apps de carona como Uber e Lyft.

Na página, usuários afirmam que já utilizaram a técnica para conseguir corridas em locais longe de onde estão. Alguns sugerem, inclusive, que a técnica é ideal para lugares como aeroportos, já que não é mais necessário estar próximo ou ficar estacionado perto do local para aguardar uma chamada de alguém que está desembarcando.

"É só ligar o aplicativo, marcar sua localização, desligar o app e ligar o Uber", escreveu o usuário bensalias, em uma postagem de agosto de 2015. "A localização fictícia fica no cache, ou algo do tipo. Funciona, tente você. Está funcionando em São Francisco e Sunnyvale, na Califórnia nos últimos quatro dias".

Volta ao mundo em alguns cliques

O Canaltech entrou em contato com motoristas do serviço, que indicam que o Fake GPS é conhecido por alguns motoristas da região do aeroporto, mas que o app já teria sido descoberto e desativado pela Uber.

"Existia uma fila virtual em Guarulhos, eles burlavam essa fila com o aplicativo", informou ao Canaltech um motorista que já dirige com o Uber há mais de um ano em São Paulo, mas preferiu não se identificar por medo de ser desativado do serviço. "Foi mais ou menos em março que a Uber descobriu e os motoristas foram desativados".

Usando o aplicativo na versão para passageiros do Uber, ainda é possível modificar a sua localização no GPS sem muito esforço, como observamos testando o app em um celular Android. Basta abrir o Fake GPS, liberar a função de "lugar fictício" do sistema operacional, e selecionar o ponto em que deseja estar.

Ao abrir o Uber, automaticamente o aplicativo interpretará que o passageiro está no ponto escolhido através do Fake GPS — atualizando, inclusive, a interface do serviço para acomodar as opções que existem no local selecionado e não estão disponíveis no Brasil. Nas imagens abaixo, saltamos de Paris para Londres e para Seattle, nos Estados Unidos, em alguns minutos com a ajuda do Fake GPS.

Uber Fake GPS

Uber Fake GPS

Uber Fake GPS
Uber Fake GPS

Uber Fake GPS

Uber Fake GPS
Uber Fake GPS

Uber Fake GPS

Uber Fake GPS

O Canaltech entrou em contato com o Uber para pedir esclarecimentos sobre o suposto uso de apps terceiros para alterar o posicionamento dos motoristas, mas a empresa não comentou o caso indicado pelo leitor do site e também não confirmou se algo já foi feito para coibir a prática.

"A Uber está sempre preocupada em oferecer a melhor experiência para os usuários e motoristas parceiros(as). Por isso, monitoramos muito de perto o funcionamento da plataforma e desativamos usuários que infrinjam os termos de uso", informou a companhia por meio do posicionamento enviado.