Em crise, Microsoft vai demitir mais 2.850 funcionários

Por Redação | 28 de Julho de 2016 às 20h12

Em relatório divulgado nesta quinta-feira (28), a Microsoft anunciou que planeja demitir mais 2.850 funcionários nos próximos 12 meses. A decisão acompanha a tendência reportada nos últimos meses: para quem não sabe, em maio, 1.850 demissões foram realizadas.

De acordo com a gigante da tecnologia, as mudanças fazem parte de um plano de corte de gastos, e para isso a extinção dos cargos deverá ser finalizada até o término do ano fiscal de 2017. Ao todo, 7,4 mil funcionários já foram dispensados da companhia desde o ano passado.

Na primeira etapa, a maioria dos funcionários liberados estava ligada ao setor de smartphones, que atualmente representa menos de 3% das vendas globais do mercado. Dessa vez, no entanto, não serão apenas colaboradores da área de dispositivos móveis que sofrerão as consequências, já que a tendência é de que a onda de cortes atinja outros setores.

O documento publicado pela Microsoft pode ser lido na íntegra aqui.

Fonte: Business Insider