Em 2020, apps vão gerar US$ 79 bilhões em receita em todo o mundo

Por Redação | 21 de Abril de 2016 às 21h05
photo_camera Divulgação

Projeções da Ovum apontam que a receita mundial vinda de aplicativos crescerá mais de duas vezes em 2020 num comparativo com 2015. Isso representa US$ 79 bilhões gerados por apps móveis, somando tanto downloads quanto vendas in-app.

Subdividindo os cálculos, o volume mundial de downloads, por ano, subirá 1,8 vez, o equivalente a 378 bilhões em 2020; enquanto em 2015 esse valor é de 211 bilhões.

Nos países desenvolvidos, que já trarão uma certa maturidade no mercado de conteúdo móvel, a velocidade de crescimento dos downloads vai desacelerar - o que será agravado pelo aumento do custo de aquisição de novos clientes. Além disso, a consultoria aposta que o número de downloads se concentrará nos países emergentes nos próximos cinco anos. Nesse cenário, a China permanecerá líder no ranking de instalações de aplicativos.

A receita, essa sim, vai crescer mais rápido que os downloads e a razão disso é a dita "maturidade do mercado". Se as pessoas passam mais tempo focadas dentro de aplicativos, aumentam-se as chances de consumo dentro deles.

No período entre 2016 e 2020, segundo a projeção da Ovum, o mercado de apps vai acumular US$ 324 bilhões em receita e 1,62 trilhão de downloads.

Fonte

MobileTime

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.