Devido ao sucesso da Beats 1, Apple trabalha para disponibilizar novas rádios

Por Redação | 06 de Agosto de 2015 às 18h33
photo_camera Divulgação

De acordo com publicação do site The Verge, a Apple pode estar preparando novas rádios online para acrescentar ao Apple Music, o popular serviço de streaming de música. A programação da Beats 1 tornou-se um sucesso tão grande que a companhia de Cupertino já assinou novos contratos com gravadoras para poder lançar até cinco estações online, evitando assim a necessidade de renegociar os direitos autorais.

Ao que tudo indica, a empresa norte-americana cogita lançar uma estação na Austrália e outra no continente asiático, justamente para ampliar a grade de programação, que hoje permanece ao vivo durante 12 horas por dia – nas demais horas as atrações são retransmitidas. Segundo o site MacRumors, a Apple inclusive já registrou alguns domínios que possivelmente estejam relacionados aos novos programas de rádio, como beats2.com.cn, beats2.hk e beats4.com.ru.

O sucesso do Apple Music já reflete nos números: são mais de 10 milhões de usuários ativos na plataforma de streaming. Além do surpreendente número registrado, as gravadoras também têm outros motivos para comemorar o desempenho do serviço, visto que a Apple vem pagando um pouco mais que seus concorrentes pelos direitos de reprodução de faixas.

Embora o desempenho do Apple Music até aqui tenha sido exemplar ao apresentar um número substancial de utilizadores, o fato é que todos eles ainda estão apreciando o período de testes de três meses de duração. O sucesso da plataforma será mensurado para valer no final de setembro, que é quando os primeiros assinantes terão a oportunidade de pagar pelo serviço de música.

Outra grande novidade recém-anunciada pela Apple agradou aos fãs que normalmente perdem conteúdos pontuais da rádio Beats 1. Agora, o usuário pode ouvir na íntegra as reprises dos programas da rádio através da rede social Connect, que permite acompanhar as atividades de artistas e bandas na plataforma. Ainda que a novidade seja relevante, a Maçã precisa fazer pequenos ajustes no recurso, já que, durante a reprise, não é possível acompanhar os nomes das músicas que fazem parte da programação, como acontece na transmissão ao vivo, por exemplo.

Via: The Verge, MacRumors

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.