Depois de tanta reclamação, Apple resolveu baixar preços de adaptadores USB-C

Por Redação | 04 de Novembro de 2016 às 19h30

A Apple recebeu tantas reclamações acerca de seu novo MacBook Pro — que extinguiu as portas tradicionais para usar apenas o padrão USB-C, até para o carregador — que resolveu baixar os preços dos acessórios em suas lojas a fim de facilitar a transição entre a antiga tecnologia e a nova.

Os cortes nos preços são temporários e vão durar até o fim de 2016. Alguns itens, inclusive, estão bem mais baratos, e os descontos sobraram até para acessórios vendidos por outras marcas na loja da Maçã. Isso inclui até os novos monitores fabricados pela LG, que foram desenvolvidos justamente para trabalharem lado a lado com o novo MacBook Pro.

"Reconhecemos que muitos usuários, principalmente profissionais, dependem dos conectores para trabalhar e estão passando por uma transição", afirmou um porta-voz da Apple ao Business Insider. "Queremos ajudá-los a migrar para a mais recente tecnologia, bem como acelerar o crescimento deste novo ecossistema. Até o fim do ano, vamos reduzir os preços de todos os acessórios USB-C e Thunderbolt 3, incluindo adaptadores e cabos".

Dentre os itens com desconto na Apple Store americana, estão:

  • Adaptador USB-C/USB: de US$ 19 por US$ 9
  • Adaptador Thunderbolt 3/Thunderbolt 2: de US$ 49 por US$ 29
  • Cabo USB-C/Lightning, 1 metro: de US$ 25 por US$ 19
  • Cabo USB-C/Lightning, 2 metros: de US$ 35 por US$ 29
  • Adaptador multiport USB-C/AV: de US$ 69 por US$ 49
  • Adaptador multiport USB-C/VGA: de US$ 69 por US$ 49
  • Monitor LG UltraFine 5K: de US$ 1.299,95 para US$ 974
  • Monitor LG UltraFine 4K: de US$ 699,95 para US$ 524

No Brasil, os adaptadores e periféricos relacionados ao padrão USB-C também tiveram descontos nos preços, que são válidos até 31 de dezembro de 2016.

Infelizmente, pelo menos por enquanto, vamos ter que enfrentar um período em que "morre" um padrão e nasce outro, como é o caso da nova porta USB. Isso significa que vamos ter que depender de dongles e adaptadores, ou seja, mais objetos para carregar na mochila (e para esquecer no trabalho ou onde quer que seja) e pouca praticidade no dia a dia. Pelo menos, com o corte nos preços, a Apple reconhece a complexidade de exterminar de vez um padrão consolidado há anos no mercado, em detrimento de algo que, por enquanto, é novidade para a grande maioria do usuários.

Fonte: Business Insider

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.