Criador do Doom e Wolfenstein 3D processa ZeniMax em US$ 22,5 milhões

Por Redação | 10 de Março de 2017 às 16h36

A batalha entre John Carmack e a ZeniMax continua. Agora, o criador de Wolfenstein 3D e Doom e atual diretor de tecnologia da Oculus está processando a dona da Bethesda e da id Software em US$ 22,5 milhões.

Segundo Carmack, este é o restante do valor de US$ 150 milhões que nunca foi pago pela ZeniMax ao comprar a id Software em 2009, estúdio fundado por ele. O executivo afirma que a companhia se recusa a pagar o preço por conta do recente conflito entre as duas partes.

Vale lembrar que, no mês passado, a ZeniMax saiu vitoriosa em um processo contra a Oculus, afirmando que a empresa roubou informações sigilosas sobre a tecnologia de realidade virtual para desenvolver o Rift.

Segundo a acusação, estes dados confidenciais teriam sido roubados por Carmack ao sair da ZeniMax e entregados para a Oculus, onde o programador trabalha agora. O julgamento decidiu que isso não aconteceu, mas que houve quebra de acordo de não divulgação. Com o resultado, a Oculus precisou pagar uma bagatela de US$ 500 milhões.

Fonte: Venture Beat

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.