Coreia do Sul decide nesta quarta se prende ou não vice-presidente da Samsung

Por Redação | 14 de Fevereiro de 2017 às 08h59

Mais uma vez atolado até o pescoço em um escândalo de corrupção na Coreia do Sul, Jay Y. Lee, vice-presidente da divisão de eletrônicos da Samsung, pode ser preso nesta quarta-feira (15), informou reportagem da Reuters.

Acusado de participar de esquemas ilegais junto à presidente afastada Park Geun-hye e seu amigo Choi Soon-sil, Lee foi detido e interrogado por 15 horas ininterruptas nesta segunda-feira (13). As suspeitas são de que ele tenha ajudado a desviar dinheiro para favorecer empresas e organizações apoiadas pela presidente em troca de suporte em uma fusão de duas afiliadas da Samsung.

Agora a Justiça da Coreia do Sul analisa se deve emitir a ordem de prisão do manda-chuva, decisão que deve sair amanhã. Anteriormente, o gabinete especial da defensoria pública do país já havia solicitado a prisão preventiva de Lee, mas teve o pedido rejeitado pela Justiça.

E a gente aqui pensando que esse tipo de coisa só acontecia no Brasil, heim?

Fonte: Reuters

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.