Opera pode ser vendida por US$ 1,2 bilhão a empresa chinesa

Por Redação | 10.02.2016 às 10:23

O Opera é um dos navegadores mais famosos do mundo, mas aparentemente não está conseguindo a lucratividade necessária para se manter relevante no mercado. Tanto é que a empresa contratou a Morgan Stanley International para procurar um comprador para ela. Um dos que se interessaram pela compra foi um consórcio chinês formado pelo Kunlun e Qihoo 360. Os chineses estariam dispostos a pagar cerca de US$ 1,2 bilhão pela empresa norueguesa. Após a oferta, o conselho da Opera está convencido que este é o melhor caminho para a ex-gigante da internet.

Se você utilizou a internet e dispositivos móveis durante os últimos 20 anos, já deve estar familiarizado com os produtos da Opera. Antes do Firefox, Chrome ou Safari entrarem no mercado de smartphones, o navegador da Opera já estava presente nos celulares da época. Sendo assim, não é difícil adivinhar de onde veio sua popularidade. Na época, a conectividade, o espaço de armazenamento e a resolução das telas não eram das melhores. Mesmo assim, a Opera conseguiu ignorar essas características comprimindo os dados e tornando o tráfego de dados mais rápido.

Desde então, o navegador tem perdido relevância em meio aos concorrentes para iOS e Android. A empresa continua com seu navegador para desktop e Android, mas diversificou seus produtos. O Opera Max, por exemplo, oferece os mesmos benefícios de compressão de dados aplicados a todo o tráfego de internet em dispositivos Android. A empresa também desenvolveu uma plataforma para Smart TVs que deverá vir pré-instalado em alguns televisores ainda este ano. Com tudo isso, a Opera consegue fazer algum dinheiro com venda de publicidade.

O conselho da Opera acredita que a venda ajudará a servir melhor seus usuários, já que os recursos serão maiores. Ainda não se sabe qual será a intenção do grupo chinês ao adquirir a empresa. Considerando que a maioria dos executivos da companhia estão a favor da venda da Opera, é provável que tenhamos um desfecho em breve.

Via SlashGear

Fonte: http://www.slashgear.com/operas-board-recommends-accepting-chinese-buyout-offer-10426280/