Conheça os principais acertos da Samsung com o Galaxy S8

Por Redação | 30 de Março de 2017 às 08h40

A gente já sabia que o Galaxy S8 iria mexer com a indústria tão logo fosse anunciado. Todos os rumores e vazamentos que antecederam a apresentação do smartphone na última quarta-feira (29) já indicavam isso. Porém, o que vimos no evento foi até mesmo um pouco além dessas expectativas otimistas e mostrou ao mundo que a gigante sul-coreana está disposta a deixar o fiasco explosivo do Galaxy Note 7 enterrado no passado. E o que foi demonstrado ontem deixa claro que não há razão para olharmos para trás.

É claro que o hardware merece elogios, visto que é um dos mais poderosos que vimos no mercado até hoje. Porém, ele não é o único atrativo do aparelho. O sistema também ganhou novidades, como a assistente digital Bixby, que promete facilitar e muito a vida dos usuários. Mais do que ser apenas uma versão sul-coreana da Siri ou Cortana, a novidade deve mudar de maneira significativa o modo como usamos um celular.

Confira mais alguns detalhes interessantes sobre Galaxy S8.

Aposta na tela

Acompanhando as notícias é fácil perceber que a briga deste ano será em relação ao tamanho de tela. A LG vem bradando sobre isso já há algum tempo com o seu LG G6 — inclusive ao lançar um comercial dedicado a esse recurso pouco antes do evento da Samsung — e o Galaxy S8 não faz diferente, trazendo um display de 5,8 polegadas em sua versão mais básica, e de 6,2 polegadas no Galaxy S8+.

Esse crescimento na tela do smartphone da Samsung é fruto de uma repaginada que a empresa deu no visual do aparelho. Ao diminuir as bordas e eliminar o botão Home, o smartphone teve um ganho de área útil, o que foi muito bem aproveitado pelo display, aumentando a sua proporção dos tradicionais 16:9 para 18,5:9. Parece um crescimento pequeno, mas que faz muita diferença. Ao todo, 83% da parte frontal dispositivo é ocupada pelo visor.

A saída do Home é outra evolução nesse sentido. Ainda que muita gente sinta falta de um botão físico, a verdade é que essa é uma tendência que já vem se desenhando há algum tempo, principalmente se lembrarmos que o desgaste da tecla pode reduzir a vida-útil de um aparelho. Assim, a Samsung se aproxima daquilo que a Google vem fazendo com o Pixel, por exemplo, apostando muito mais em opções integradas ao sistema.

Mudança nos sensores

Sem um botão Home, a solução foi levar alguns dos sensores que antes estavam na parte frontal para a traseira do Galaxy S8. É o caso do leitor de impressões digitais, que agora se localiza próximo à câmera. A alteração vai confundir alguns usuários, principalmente aquele que já estavam habituados a desbloquear o aparelho logo abaixo da tela, mas nada que o tempo não conserte. O lado ruim é que você certamente vai passar o dedo na lente da câmera, o que pode “manchar” futuras fotos.

Por outro lado, o Galaxy S8 ganhou novas opções de desbloqueio ainda mais futuristas. Se você não quer perder tempo procurando o sensor na traseira do smartphone, pode acessar o sistema a partir do escaneamento de íris ou mesmo via reconhecimento facial.

Bem-vinda, Bixby

Como dito, a assistente digital da Samsung é a nova grande adição a esta geração de smartphones. É claro que teremos de esperar o lançamento do Galaxy S8, em abril, para descobrir o quão eficaz é essa inteligência artificial e o quanto ela se difere do que a concorrência já faz, mas as promessas são bem animadoras.

A principal diferença em relação ao que vimos até então é que a fabricante decidiu colocar um botão físico para a Bixby, o que pode tornar mais simples o seu acesso — quantas vezes você já falou “Ok, Google” sem ser respondido? Além disso, ela é capaz de traduzir mais idiomas do que as rivais. Enquanto a Samsung anunciou 52 línguas, o iOS oferece apenas 30.

Outro atrativo bem interessante é a possibilidade de fazer pesquisas a partir de fotos, algo até então inédito no segmento. Você pode simplesmente apontar a câmera para algum lugar ou objeto de interesse e a Bixby encontra informações sobre aquilo em algum canto da internet.

Porém, como conta o site Gizmodo, essa ferramenta não é perfeita e é capaz de aplicar algumas peças até mesmo na própria Samsung. Durante um teste, a página usou a assistente para procurar por outro Galaxy S8. O sistema, porém, reconheceu o aparelho como um LG G2 e trouxe resultados sobre a concorrência.

Virando um computador

Já no campo dos acessórios, uma surpresa. A Samsung apresentou o chamado Dex, uma espécie de dock que é capaz de transformar o seu Galaxy S8 em um pequeno computador de bolso. Você acopla o smartphone no periférico, que pode ser conectado a um monitor via HDMI e pode usar o sistema com teclado e mouse sem problemas — e com uma velocidade incrível.

Como o novo Galaxy traz um processador Snapdragon 835 (ou um equivalente da própria Samsung), ele se torna mais poderoso até mesmo do que alguns computadores. E também é muito prático, já que ele ativa o “modo desktop” automaticamente graças ao seu sensor NFC.

Via: Gizmodo

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.