Computador quântico da IBM agora está disponível para uso público

Por Redação | 04.05.2016 às 10:16

A IBM anunciou nesta quarta-feira (4) que está colocando à disposição de praticamente qualquer usuário um serviço na nuvem que permite utilizar um computador quântico de 5 qubits que está instalado no Centro de Pesquisas T. J. Watson, em Nova Iorque. A novidade significa que as pessoas poderão executar experimentos de computação quântica a partir do seu próprio laboratório, escritório ou mesmo de sua casa.

O mais interessante da iniciativa é que ela abre oportunidades para que pesquisadores de diferentes áreas que não possuem recursos de tecnologia quântica à disposição possam realizar seus estudos e experimentos usando o equipamento da IBM. A partir de agora, os interessados e aprovados pelo programa da Big Blue poderão acessar um computador exponencialmente mais potente do que os convencionais a qualquer momento e em qualquer lugar.

A computação quântica utiliza o poder computacional para ajudar em pesquisas e estudos, funcionando de maneira completamente diferente da computação convencional. Os computadores tradicionais dependem de informações em bits, representados por 0 e 1, enquanto que na computação quântica há bits quânticos ou qubits, que podem carregar duas informações ao mesmo tempo. Trata-se de um tipo de computação que se correlaciona melhor com a natureza e permite aos cientistas buscarem soluções e criarem inovações tanto a nível exponencial como a nível molecular. Atualmente, apenas companhias como Google e NASA possuem acesso a esse tipo de computador.

De acordo com Jerry M. Chow, gerente do Grupo de Experimentos de Computação Quântica da IBM e que faz parte da equipe que trouxe a computação quântica para a nuvem, a novidade fornece "acesso a um espaço muito mais amplo e maior de cálculos". "É uma plataforma baseada na web para o público acessar e executar circuitos quânticos e algoritmos quânticos em um processador quântico real em nossos laboratórios", afirmou Chow. "Queremos que as pessoas possam programar seus próprios algoritmos e aprender o que significa fazer computação quântica".

Para acessar o serviço de computação quântica da IBM é necessário solicitar um convite para o programa e, logicamente, ter conhecimentos básicos de computação quântica para fazer uso da tecnologia. Para se candidatar, basta acessar este link.

Via Mashable