"Comprador-fantasma" da Salesforce era a Microsoft

Por Redação | 22.05.2015 às 15:48

O mistério de semanas acerca da venda da empresa de softwares corporativos Salesforce finalmente parece ter chegado ao fim. De acordo com o portal de notícias CNBC, quem estava interessada na compra da empresa era ninguém menos que a Microsoft.

Como já havia sendo especulado há algumas semanas, o negócio foi deixado de lado, e as fontes da CNBC agora informam que a questão era de fato o preço. A Microsoft aparentemente ofereceu US$ 55 bilhões pela Salesforce, mas o CEO desta, Marc Benioff, não parava de subir os preços a cada tentativa de compra, ao ponto de fixar o valor em US$ 70 bilhões.

Com todos os boatos e tendo seu nome em alta, além de um desempenho trimestral forte e crescimento econômico considerável, a Salesforce viu seu valor de mercado atingir US$ 50 bilhões e conheceu um aumento considerável em suas ações, que agora giram em torno de US$ 75 cada.

De qualquer maneira, mesmo sem ter concretizado o negócio, a Salesforce se mantém como empresa independente e frustra alguns concorrentes, como os alemães da SAP - que era, inclusive, o nome mais forte de possíveis compradores da Salesforce - cujo CEO, Bill McDermott, que torcia para uma compra da concorrente por alguma outra empresa, de modo a abrir ainda mais mercado para seu próprio negócio.

Fonte: CNBC, via Business Insider.