Como o projeto Tango pode mudar a maneira como vivemos

Por Redação | 09 de Junho de 2016 às 19h05
photo_camera http://cdn.pocket-lint.com/r/s/970x/assets/images/php0c2ucs.

A Lenovo anunciou nesta quinta-feira (9), durante a conferência Tech World, os primeiros smartphones do mercado com suporte as tecnologias do Project Tango, agora chamado somente de Tango. A linha Lenovo Phab 2 Pro, em conjunto com a tecnologia de mapeamento inovadora do Google, promete oferecer recursos avançados em 3D, além de perceber o espaço ao redor dos usuários utilizando apenas os sensores de câmera, transformando a realidade à nossa volta e criando novas experiências únicas.

Seja apenas para jogar, aplicações educacionais ou aumentar a qualidade de vida, a tecnologia criada no projeto Tango pode ser utilizada em diversas situações direto dos smartphones. Antes de mais nada, vamos recapitular o que é, de fato, o Tango.

Projeto Tango

Criada pelo Google, esta tecnologia possibilita que os dispositivos móveis tenham a habilidade de ver e entender o que acontece nos seus redor, tudo de maneira bastante similar ao que nós seres humanos fazemos em nosso cotidiano. Para tornar isso possível, foi preciso desenvolver uma série de sensores e até um processador especial que pudesse conectar e entender todos os processos e informações em tempo real.

3

Podemos dizer que o Tango se divide em três partes principais: a primeira delas é a tecnologia de rastreio de movimentos. Usando uma câmera capaz de acompanhar movimentos, um sensor de profundidade 3D, além de acelerômetro, barômetro, giroscópio e GPS, um dispositivo Tango é capaz de mostrar onde está, como está se movimentando dentro de um espaço específico ou até mesmo para que determinada área ele está seguindo.

A segunda e terceira partes do projeto combinam recursos de percepção e aprendizado, sendo possível para o dispositivo móvel entender o espaço em que o usuário se move com bastante precisão. Um exemplo: se você caminhar por um corredor estreito e virar para alguma direção no meio do caminho, o smartphone Tango se lembra de todo esse percurso e ainda consegue rastrear, baseado em outros dados, para onde você pode estar indo naquele instante.

Um dos recursos mais impressionantes é a percepção de profundidade. Ela torna o aparelho capaz de perceber quando um objeto é pequeno ou grande, está mais perto ou mais longe. Um smartphone Tango pode calcular a distância entre dois objetos, o tamanho de cada um deles e até onde eles estão em relação a outros itens posicionados na mesma área.

E como o Tango pode ajudar no dia a dia?

Bem, para nós, consumidores, o maior atrativo serão os recursos de realidade aumentada. Os sensores projetados pela equipe Tango são tão avançados que, além de perceberem os arredores, também são capazes de introduzir objetos virtuais em cena sobre objetos físicos reais. Quer um exemplo? Dá para colocar uma mesa virtual em tamanho real em um dos cômodos da casa. Além disso, objetos interativos podem ser adicionados ao mundo real através de games adaptados para esta tecnologia.

1

Falando em games, alguns títulos já estão em desenvolvimento. Um deles se chama Bullseye’s Playground, jogo que apresenta construções inteiramente virtuais capazes de serem adaptadas em layouts de lugares reais. Os jogadores poderão interagir com os personagens e vão encontrar várias outras surpresas pelo caminho.

Além disso, o Google já fechou uma parceria inédita com a rede varejista norte-americana Target, prometendo oferecer uma experiência única de compra em realidade aumentada para quem entrar em uma das lojas utilizando um aparelho compatível com o Tango.

As diferentes aplicações que o Tango permite prometem um futuro inovador e cheio de novidades cada vez mais interessantes para nós usuários. Resta saber se a linha Phab 2 da Lenovo vai desembarcar aqui no Brasil para experimentarmos os recursos do projeto Tango de perto.

Fontes: Phandroid e Pocket Lint

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.