Comissão Europeia vai investigar compra do Shazam pela Apple

Por Ramon de Souza | 23 de Abril de 2018 às 15h30
Tudo sobre

Apple

A Comissão Europeia acaba de anunciar uma investigação a respeito da recente compra do Shazam, famoso aplicativo britânico de reconhecimento musical, pela Apple. A transação aconteceu em dezembro do ano passado, e, embora o valor da compra não tenha sido divulgado, estima-se que a Maçã tenha pagado cerca de US$ 400 milhões. Porém, para as autoridades europeias, a fusão pode simbolizar um perigoso truste.

“O jeito como as pessoas ouvem música mudou de forma significativa nos últimos anos, com mais e mais europeus usando serviços de streaming de música. Nossa investigação visa garantir que os fãs de música vão continuar aproveitando ofertas atraentes de streaming e não vão ficar com menos alternativas como resultado de uma proposta de fusão”, explica Margrethe Vestager, porta-voz do órgão.

Uma das principais preocupações é de que, tendo acesso a dados de usuários europeus oriundos do Shazam (que, nos últimos tempos, passou a recomendar diversos serviços de streaming diferentes como resultado em seus reconhecimentos sonoros), a Apple possa ser capaz de oferecer publicidade direcionada aos assinantes de plataformas concorrentes, usando tal estratégia indevida para fortalecer o Apple Music.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A Comissão tem até o mês de setembro para concluir suas investigações e emitir uma eventual decisão contrária à proposta de compra.

Fonte: CNBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.