Com filas e gritos de fãs, Apple inaugura em SP sua segunda loja no Brasil

Por Caio Carvalho | 18 de Abril de 2015 às 13h22
photo_camera Divulgação

Quem passava pela frente do Shopping Morumbi, na Zona Sul de São Paulo, na manhã deste sábado (18), mal podia imaginar que lá dentro acontecia um dos eventos para Applemaníaco nenhum botar defeito. Ao entrar no prédio, os visitantes eram recepcionados com uma maçã - a fruta, de verdade - para comemorar a inauguração da segunda loja da Apple no Brasil, e a primeira localizada na capital paulista.

De dentro do edifício, já era possível ouvir de longe os gritos de "São Paulo" e "Morumbi". Mas a surpresa veio mesmo ao se aproximar do espaço onde fica o estabelecimento: uma fila gigantesca que se dividia em outras três ou quatro, tudo para dar conta de tantas pessoas que foram ver de perto a Apple Store. Muitas delas, sendo algumas de São Paulo e outras de vários estados do país (Bahia, Ceará e até do Maranhão), chegaram com quase um dia de antecedência ao lançamento da loja, que abriu as portas às 10h00 da manhã de hoje.

Segundo a organização do shopping, cerca de mil pessoas compareceram ao evento. Foi o caso da estudante Cecília Porto, de 22 anos. Acompanhada de outros dois amigos, ela disse que tentou ir na abertura da primeira Apple Store brasileira, inaugurada há pouco mais de um ano no Rio de Janeiro, mas teve de adiar a viagem. "É incrível poder fazer parte deste dia. Eu, que sempre comprei os produtos da Apple, finalmente posso dizer que minha cidade tem uma loja da empresa", comentou.

O professor universitário Marco Rodrigues Junior, de 49 anos, também aprovou a chegada de uma loja oficial da Maçã em São Paulo - levou os dois filhos, um de 12 e o outro de 14 anos, para acompanhar a inauguração. "Acho bem melhor poder experimentar os produtos ali, na hora, do que comprar pela internet. Ainda mais agora num espaço onde posso tirar todas as minhas dúvidas e conseguir assistência técnica se meu iPhone tiver algum problema", disse.

Marco se refere ao time de 80 funcionários que vão trabalhar na Apple Store do Morumbi, mais especificamente aos contratados para atuar no Genius Bar, um local interno onde os usuários podem perguntar de tudo o que envolva os iGadgets e participar de workshops. Vestindo as tradicionais camisetas na cor azul, os vendedores animaram os fãs e correram por entre a multidão para celebrar a abertura da loja. Foram eles também que puxaram o coro de "Morumbi", "São Paulo" e "abre" antes da contagem regressiva de inauguração, que começou pontualmente às 10h00.

De acordo com a Apple, foram entrevistadas mais de mil pessoas até a empresa chegar à equipe atual de profissionais. Alguns passaram por treinamentos intensos nos Estados Unidos e no Reino Unido, e os cargos variam entre posições que vão desde administração até atendimento ao cliente. Tanto investimento faz parte dos planos da Maçã em querer investir no mercado brasileiro e conquistar os usuários nacionais, por meio de oficinas gratuitas, aulas particulares e "tours guiados" pelos produtos da companhia, dentro da própria loja.

Não é para menos: a Apple Store paulistana promete ser a maior loja da empresa na América Latina. São 14 balcões/mesas com os dispositivos da Maçã, que totalizam 169 pontos de interação para os visitantes. Entre Macs, MacBooks, iPhones e iPads, o espaço é composto por painéis luminosos que exibem os produtos mais recentes da companhia, incluindo o iPhone 6 e o Apple Watch - este último, apesar de estar ali nos telões, ainda não foi colocado para teste dentro da loja. Nas laterais estão acessórios para venda e ao fundo fica localizado o Genius Bar, com um imenso balcão de 24 assentos.

Como não poderia deixar de ser, os preços de todos os produtos vendidos pela Apple são os mesmos encontrados na loja online. Por exemplo, o iPhone 6 custa a partir de R$ 3.499 e o iPhone 6 Plus a partir de R$ 3.899, e o pagamento é feito na hora com o vendedor, uma vez que não existe caixa, como acontece na maioria dos estabelecimentos.

Falando nisso, houve quem foi à inauguração da Apple Store em São Paulo apenas porque se trata de um evento da Apple. Foi o caso do técnico Eugênio Oliveira, de 23 anos, o primeiro da fila para entrar na loja. Ovacionado pelo público e pelos funcionários da Maçã ao chegar no espaço, Eugênio admitiu não ter dinheiro para efetuar uma compra, mas que sua paixão pela gigante de Cupertino o fez sair de casa para prestigiar o evento.

Dentro e fora da loja também era impossível não notar na quantidade de usuários registrando selfies - muitos usando o famoso "pau de selfie". Os amigos Matheus Cardoso, de 24 anos, e Caique Nascimento, de 26, disseram que aproveitaram a ocasião para conhecer outros fãs da marca e fazer parte do momento. "A energia do pessoal, de quem trabalha na loja, é incrível. Mas confesso que não tenho coragem de pagar tão caro só para ter um iPhone", afirmou Caique.

Desde o ano passado, na abertura da loja no Rio de Janeiro, a companhia declarou que já sabe quais são as próximas cidades a receber um espaço exclusivo da empresa. Especula-se que São Paulo continua nos planos da gigante (mais precisamente na Avenida Paulista), mas nada confirmado oficialmente. A Apple Store - Morumbi se localiza na Avenida Roque Petroni Junior, nº 1089. O horário de funcionamento é das 10h00 às 22h00, de segunda-feira a sábado, e das 14h00 às 20h00, aos domingos.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.