Com compra da VocaLink, MasterCard quer crescer em pagamentos eletrônicos

Por Redação | 09 de Agosto de 2016 às 18h01

No mês passado a MasterCard anunciou um acordo para a aquisição da VocaLink, empresa de tecnologia de pagamento responsável por processar mais de 11 bilhões de transações em 2015. A aquisição no valor de 700 milhões de libras dá à companhia de cartões de crédito a possibilidade de avançar no mercado de pagamentos eletrônicos, que tem crescido de maneira exponencial nos últimos anos.

A VocaLink oferece tecnologia de pagamentos em tempo real entre contas no Reino Unido e desenvolveu uma plataforma avançada com certificação ISO 20022 em Cingapura. Além disso, a empresa trabalha com a aplicação Zapp para pagamentos móveis, utilizando a tecnologia Fast ACH (Automated Clearing House). A empresa faz o licenciamento deste software e oferece serviços de ACH nos Estados Unidos, Suécia, Cingapura e Tailândia.

Com a VocaLink, a MasterCard passa a disputar o mercado de pagamentos eletrônicos que dispensam a utilização de cartões de crédito. Muitos especialistas, aliás, imaginavam que os pagamentos eletrônicos significavam uma ameaça aos cartões de crédito, algo que não se concretizou, já que ambos os serviços continuam a atuar normalmente no mercado. "Nós podemos ser seu parceiro nos pagamentos, independentemente do tipo de pagamento", explicou explicou Michael Miebach, diretor de produto da MasterCard.

Sobre o motivo que levou à aquisição da companhia londrina, Miebach afirmou que a MasterCard estava "procurando uma maneira de participar de uma gama mais ampla de fluxos de pagamentos como um complemento" para o que já faziam. Ele ainda afirmou que a indústria de pagamento consiste em 85% de transações sendo realizadas em dinheiro e que entre todos os pagamentos, 50% utiliza a tecnologia ACH. "VocaLink destacou-se como alguém que tem dominado todos os requisitos em ACH. Vemos a ACH como um complemento que nos torna mais relevantes para um comerciante ou um banco", analisou.

Segundo o executivo, a empresa de cartões de crédito passa a se posicionar para oferecer mais escolhas aos seus clientes. "Estamos nos posicionando para fornecer essa escolha à medida que continuamos a conduzir conversão mais rápida de dinheiro para pagamentos eletrônicos. Com esta capacidade, podemos conduzir os pagamentos domésticos em mercados mais rápido".

Via Forbes

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.