Clientes Cisco poderão adiar pagamentos até 2021

Por Stephanie Kohn | 14 de Abril de 2020 às 11h45
Tudo sobre

Cisco

Saiba tudo sobre Cisco

Ver mais

A Cisco lançou nesta terça-feira, 14, um programa de financiamento de US$ 2,5 bilhões que permite que seus clientes adiem 95% dos seus pagamentos até 2021. O objetivo é oferecer às empresas uma margem adicional em um momento difícil da economia, mas que exige das organizações mais ferramentas de trabalho remoto.

Com a quarentena proveniente do Coronavírus, muitos negócios estão sendo forçados a operar online. Muitas delas adotaram e/ou aumentaram o uso de softwares de videoconferência e rede virtual privada, incluindo o Webex e AnyConnetc da Cisco. Além disso, o aumento da atividade na internet também reforçou o uso de equipamentos de rede que a companhia vende.

O programa, que permite aos clientes adiar o pagamento por 3 meses e pagar somente 1% do montante nos últimos cinco meses do ano, pode dar à Cisco uma vantagem em relação aos concorrentes e manter a receita fluindo mesmo no momento de crise.

"Clientes estão tentando conciliar investimentos em soluções necessárias com um futuro incerto", comentou a vice-presidente sênior do braço financeiro da empresa, a Cisco Capital.

O novo programa de financiamento estará disponível inicialmente em 19 locais, incluindo Estados Unidos, China, Índia e Alemanha. Hardware, software e serviços são cobertos, assim como algumas taxas cobradas pelos parceiros de vendas e instalações da Cisco.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.