Chip holográfico do HoloLens tem 24 núcleos e capacidade de 1 teraflop

Por Redação | 25 de Agosto de 2016 às 10h06

A Microsoft revelou detalhes do HPU (Holographic Pricessing Unit), o processador responsável pela parte holográfica do HoloLens, seus óculos realidade. Pelas especificações, o chip é capaz de fazer 1 trilhão de cálculos por segundo (1 teraflop).

Trata-se de uma capacidade assombrosa para um chip com dimensões de 12 mm por 12 mm. Para se ter uma ideia, a capacidade de cálculo do Xbox One, por exemplo, é de 1,3 teraflop.

O HPU é um processador de sinal digital customizado fabricado pela TSMC com litografia de 28 nanômetros. Ele possui 24 núcleos da Tensilica com 8 megabytes de SRAM e 1 gigabyte de memória RAM do tipo DDR3. O consumo é de apenas 10 W e trata-se de uma solução 200 vezes mais eficiente do que uma baseada puramente em software, de acordo com a Microsoft.

O que o HPU faz é captar os dados dos vários sensores do HoloLens, como o chip inercial e as câmeras, e fazer o grosso do processamento de imagem. Os dados, então, são passados para uma CPU Atom, da Intel, que é usada para rodar Windows 10 dentro do dispositivo.

Por enquanto, o HoloLens está sendo vendido apenas para pesquisadores por US$ 3 mil. O pacote inclui uma versão em desenvolvimento do aparelho, além de funções corporativas para maior segurança e melhor administração do dispositivo.

Fonte: MSPoweruser

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.