China processa Apple por exibir ilegalmente filme de 1994 no Youku Tudou

Por Redação | 05.07.2016 às 10:07

Uma subsidiária do SAPPRFT (sigla que significa “State Administration of Press, Publication, Radio, Film and Television”) - órgão que regula a mídia chinesa - está processando a Apple e seu serviço de streaming de vídeos Youku Tudou por ter causado “grandes perdas econômicas” ao violar direitos de distribuição online exclusivos de um filme de 1994.

O processo alega que o filme produzido pelo Movie Satellite Channel Program Production Center, que está protegido pelo SAPPRFT, foi transmitido ilegalmente pelo serviço da Apple que funciona de maneira semelhante ao YouTube na China. O filme Xuebo Dixiao, que se passa na década de 1930, retrata uma guerra sangrenta ocorrida no Japão.

A empresa que está movendo a ação contra a companhia norte-americana pede a remoção imediata de todas as reproduções do filme que ainda estiverem rolando na plataforma de vídeos, bem como o pagamento de cerca de US$ 7.500 por danos gerais, além de uma multa adicional de aproximadamente US$ 3 mil por conta de "despesas razoáveis".

Apesar de se tratar de um valor baixo para os padrões da Apple, a ação indica que a fabricante do iPhone tem ainda mais problemas para enfrentar se quiser fazer suas vendas crescerem de verdade no território chinês. Ela vem enfrentando alguns percalços em sua jornada pela conquista do mercado chinês de smartphones, tendo até mesmo perdido a exclusividade da marca “iPhone” no país. Além disso, recentemente, as vendas do iPhone 6 foram suspensas em todo o território chinês por conta de um processo movido pela 100+, fabricante do smartphone 100C, alegando que a companhia de Cupertino teria violado registros de patentes feitos pela chinesa em primeiro lugar.

Fonte: Associated Press