Chefe da divisão Xbox diz que empresa vai focar mais ainda em títulos exclusivos

Por Redação | 04 de Agosto de 2015 às 11h23
photo_camera Divulgação

Embora a Microsoft tenha adquirido Rise of the Tomb Raider como um exclusivo temporário para o Xbox One, a companhia norte-americana não pretende focar na exclusividade de jogos de terceiros. Em entrevista ao site chinês Gamecores, durante o evento ChinaJoy, Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, deixou claro que o contrato de exclusividade da nova aventura de Lara Croft foi bom, mas que esse não é o futuro da plataforma.

"A nossa estratégia gira em torno das franquias de nossas próprias desenvolvedoras, com mais investimentos em jogos que temos e menos com conteúdos exclusivos de terceiros. Eu quero manter a boa relação com as empresas third-party, mas pagar por exclusivos de terceiros não faz parte dos nossos planos a longo prazo", comentou Spencer. Vale lembrar que, mesmo com Rise of the Tomb Raider sendo lançado em 10 de novembro para Xbox One e Xbox 360, o título da Square Enix também vai receber versões para PlayStation 4 e PC em 2016.

"Este ano, o fato é que nós temos Halo 5: Guardians, Gears of War remasterizado, Forza 6 e Fable Legends. É ótimo ter Tomb Raider como complemento da nossa linha, mas vocês poderão ver durante a Gamescom que investir em franquias próprias é realmente a nossa prioridade". A feira europeia acontece entre os dias 5 e 9 de agosto, no Centro de Convenções de Colônia, na Alemanha. A pré-conferência da Microsoft está agendada para esta terça-feira, dia 4 de agosto.

Levando em consideração as informações compartilhadas por Spencer, a empresa norte-americana deve surpreender o público na Gamescom com novidades sobre aguardados jogos exclusivos, como Quantum Break, Fable Legends, Crackdown, Scalebound, Recore e muitos outros. Agosto é o mês que inicia a promissora safra de games do Xbox One, que será inaugurada com a coletânea Rare Replay em 4 de agosto.

Via: IGN